domingo, 25 de abril de 2010

Tire suas dúvidas!

Este blog é elaborado pelo Dr Jonathas Claus, especialista em Cirurgia Bucomaxilofacial, para que pacientes e interessados tirem suas dúvidas com profissionais e ex-pacientes a respeito de Cirurgia Ortognática e demais áreas da Cirurgia Bucomaxilofacial.

Clique abaixo em "comentários"para ver o conteúdo. Se as perguntas aqui já respondidas não solucionam o seu problema, exponha a sua dúvida! Ou conte como foi sua cirurgia. Valeu a pena?

708 comentários:

  1. Boa tarde a todos!
    Bom, meu nome é Michel, tenho 21 anos e sofro dessa deformidade, porém não tenho condições de pagar a minha cirurgia ortognática, mais tenho muita vontade de fazer. Queria saber se vocês conhecem e podem me orientar, sobre lugar responsável, com bons profissionais que fazem essa cirurgia de graça!

    Estarei no aguardo de alguma resposta.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Michel:
    - O primeiro passo é definir quem vai fazer a ortodontia (aparelho);
    - Depois disso, ou caso você já tenha, pergunte a ele se conhece algum serviço em sua região;
    - Você poderá questionar em algum posto de saúde ou secretaria de saúde do seu município. Caso eles não tenham um profissional cadastrado, eles deverão te encaminhar para algum centro que tenha;

    - Certifique-se que seu cirurgião é um especialista. Dê preferências para profissionais membros do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial.

    - É importante que o Cirurgião e o Ortodontista façam contato entre si para que seja alcançado o melhor resultado possível (mais estético, mais estável ou menos mórbido).

    Boa sorte.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde,

    Fui na dentista que me indicaram e ela me disse que não tinha a certeza se eu precisaria ou não fazer a cirurgia, com isso ela ficou de procurar um bom ortognata para analisar o meu caso. Você poderia me indicar alguêm que poderia ver isso pra mim? Só pra eu não ficar nessa dúvida se será preciso ou não, tenho toda a radiografia da minha boca.

    No aguardo
    obrigado

    ResponderExcluir
  4. Avaliei a sua documentação. Apesar da qualidade comprometida dos documentos escaneados, meu parecer é o seguinte:

    1- Não necessariamente você precisa de cirurgia;
    2- Se a sua vontade for corrigir a sua mordida, acredito que seja possível corrigi-la somente com ortodontia. Talvez isto torne necessário a extração de alguns dentes e o uso de mini-implantes. Provavelmente será um tratamento mais longo. Além disso irá trazer algumas alterações na sua face, devido a retração dos dentes inferiores, que pode ser esteticamente desfavorável;
    3- Se a sua vontade for corrigir a sua mordida e o seu rosto (queixo pra frente), a melhor opção é através de ortodontia + cirurgia ortognática. Isto irá corrigir a mordida, harmonizar o seu rosto. Deve ser um tratamento até mesmo mais curto, mas que vai envolver mais custos.

    A decisão depende muito da sua vontade. Não deixe apenas que a condição financeira seja o fator de escolha.

    Se a decisão for por tratar apenas com ortodontia, esta é uma decisão definitiva, sem volta.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  5. Ola tambem sofro dessa deformidade e gostaria de saber de voces algumas coisas.
    Ja iniciei o tratamento com um profissional que me parece ser um dos melhores da região,porem ainda naum voltei no consultorio para colocar o aparelho,ja que o dinheiro ta meio curto,mais quero começar o tratamento o mais rapido possivel pois naum quero ter o queixo grande,sofro muito com isso.O problema inicial porem naum é esse é que ele disse que quando eu botar o aparelho vou ficar mais quexudo ainda,ja tenho o queixo grande e se ficar maior ainda vou virar motivo de gozação,pois ele disse que terei que ficar o ano de 2010 todo e iria operar so no começo de 2011.
    Gostaria de saber de voces se existe uma cirugia mais curta que essa,que naum demore tanto,pois saiu uma noticia no globo que eu li que ja tinham inventado uma nova cirurgia mais curta:
    http://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&ct=res&cd=2&ved=0CBkQFjAB&url=http%3A%2F%2Foglobo.globo.com%2Fvivermelhor%2Fmat%2F2008%2F09%2F06%2Fnova_tecnica_cirurgica_promete_um_rosto_novo_em_menos_tempo_para_quem_sofre_de_prognatismo_retrognatismo-548116236.asp&ei=ahHvS82QNYm0uAeC9amUBg&usg=AFQjCNG8alvH20eKzOUEwPLzomcUnMSh4A&sig2=5CnKO1PsbAzGMUYEECUoJg

    Será que meu cirurgião iria aceitar fazer essa cirugia?pois axo que por ela ser menor ele sairia perdendo dinheiro com isso,pois o tempo de uso do aparelho iria reduzir e assim as mensalidades diminuiriam.
    Tambem queria saber se pode acontecer algum problema depois da cirurgia e se corro risco de alguma coisa.
    Desculpe o texto longo mais precisei ser extenso.
    Aguardo resposta e desde ja agradeço!!!

    ResponderExcluir
  6. Caro "Suporte do Goleiro"

    O benefício antecipado trata-se de uma opção recente que pode ser considerada no tratamento das deformidades dento-faciais. Existem algumas considerações que devem ser levadas em conta:

    1- Não está indicada para todos os casos. Casos mais complexos, como as assimetrias, não estão indicados devido a dificuldade de corrigir a assimteria óssea e dentária sem saber ainda a "final" posição dos dentes;
    2- Tem a grande vantagem de ganhar tempo. Isto é realmente vantajoso. Porém, particularmente, não consigo ver oura vantagem;
    3- Da maneira convencional, que é mais demorada, você pode ganhar na estabilidade do resultado, pode ganhar no resultado estético, é um procedimento mais previsível;
    4 Eu não acredito que a questão financeira, pelo tempo de tratamento, como você citou, influenciaria na decisão do seu profissional;

    O fundamental é você decidir quem vai ser o seu ortodontista e quem vai ser o seu cirurgião, antes de tudo. Pergunte a eles sobre esta técnica. Se eles acharem que está indicado, ambos irão discutir a viabilidade.
    Escolha dois bons especialistas e confie neles.

    Estou a disposição

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Vai fazer um mês que me submeti a uma cirurgia ortognática, classe II, estou feliz com o resultado.
    Foram cinco anos de acompanhamento ortodentista com o cirurgião bucomaxilofacial Os edemas só duraram a primeira semana. Hoje fui almoçar em um restaurante, ou seja, já controlo facilmente o lábio inferior, apesar da dormência no queixo. Faço drenagem linfática toda semana.
    Minha única queixa é a dormência no queixo. Existe algum mecanismo para acelerar a volta da sensibilidade?
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Dilma,

    - Nas cirurgias de avanço de mandíbula (classe II) é comum acontecer dormência do lábio e queixo. Geralmente esta alteração é temporária, com a maioria dos pacientes tendo o retorno na sensibilidade dentro de 3 meses. Em geral não existe uma receita para corrigir isto.
    - Fisioterapia, e isto também inclui a drenagem linfática, é usada para acelerar o retorno da sensibilidade. Os pacientes costumam notar melhoras significativas com a fisioterapia. Fonoaudiólogos e fisioterapeutas, especializados em motricidade oral, podem fazer isso por ti. Entretanto não existe uma evidência científica de que isto realmente funcione.
    - Acupuntura e laser são outras 2 possibilidades.
    - Em alguns casos o nervo responsável por esta sensibilidade pode ter sido danificado durante a cirurgia. Alguns cirurgiões receitam vitamina do complexo B, que é um remédio que ajuda na cicatrização de nervos. Mas isto é usado para os casos onde o nervo foi lesado e deve ser prescrito logo na primeira semana.

    Em geral são estas as possibilidades. Infelizmente, após 1 mês de cirurgia, o melhor que tens a fazer é paciência, aos poucos a sensibilidade retorna e você vai se acostumando com isso. Encontrar um fonoaudiólogo ou fisioterapeuta especialista em motricidade oral é uma boa pedida.

    Boa sorte. Parabéns pelo resultado.

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigada pelos esclarecimentos.
    Pelo que tenho pesquisado na internet, a questão da dormência é um dos pontos mais preocupantes entre as pessoas que se submetem a este tipo de cirurgia (ortognática). Já que os edemas cessam em alguns mais cedo, em outros demoram mais.
    Li em alguns relatos na net de pacientes com mais de 1 ano de pós cirúrgico e a sensibilidade não voltou em sua totalidade. Devo entender que neste caso, provavelmente, houve uma lesão na cirurgia?

    ResponderExcluir
  10. Dilma,

    Em alguns casos a sensibilidade não volta mesmo, isto é mais raro e, quando acontece, restringe-se a pequenas áreas... em um dos lados, não costuma ser em todo o lábio;
    Nestes casos não se pode concluir que "houve lesão", tem outros fatores associados como: quantidade de avanço da mandíbula, idade do paciente, se foi realizado mentoplastia junto etc, além da resposta individual de cada pessoa.
    Mas também é verdade que a maneira como o nervo é manipulado durante a cirurgia influencia bastante.

    Formigamento, coceira, calor são sinais de que a sensibilidade está voltando, seu pós-operatório ainda é recente.

    Boa recuperação

    ResponderExcluir
  11. Tenho o queixo retraido, meu rosto é fino e comprido, e um lado ja esta ficando torto, a boca estala o tempo todo, os dentes sao bem grandes mas apesar disso a gengiva aparece muito no sorriso (alto), nao tenho labio superior, meu labio inferior é pra frente (bico) minha mordida nao fecha, usei aparelho fixo por dez anos. MEU OBJETIVO, TER UM MAXILAR, UM MENTO, UM SORRISO FECHADO E QUE NAO MOSTRE A GENGIVA, E A BOCA PARAR DE ESTALAR. ISSO é possivel? muito obrigado!

    ResponderExcluir
  12. Bruno,
    A lista de queixas que você apresentou estão entre os problemas comumente encontrados nos pacientes que são submetidos a cirurgia ortognática.
    Respondendo a sua pergunta final: é possível ter um maxila e um mento em harmonia com a face, é possível ter um sorriso sem mostrar excesso gengival. A questão do estalo da ATM é mais complexa, a cirurgia ortognática tem resultados favoráveis na articulação, mas são necessárias outras medidas parar tratar ou minimizar o estalo.
    Você terá que usar novamente aparelho fixo. O melhor caminho é:
    1- Definir quem será o seu ortodontista. Dê preferência para especialistas e que tenham experiência em casos cirúrgicos;
    2- Definir quem será o seu Cirurgião. Dê preferência para membros do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial;
    3- Baseado nos seus exames da face, maxilares e dentes, ambos Cirurgião e Ortodontista vão definir o seu plano e sequência de tratamento.

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia, me submeti a cirurgia ortognatica no dia 7/07 ou seja a 5 dias, tive que fazer um grande avanço de mandibula, assim como "arrumar"o maxilar não sei explicar ao certo mais, tiraram um pedacinho para diminuir meu sorriso gengival e abriram mau sorriso, agora estou com um "aparelho móvel" no céu da boca e babando muito rsrs estava muito inchada, mais de uns dois dias pra cá percebi que esta diminuindo meu inchaço lentamente,porém os roxos e esverdeados estão começando a aparecer na minha pele, eu não sinto meu lábio inferior e nem meu queixo, meu labio superior e nariz estão voltando sinto formigamento e etc, vou começar a fisioterapia na segunda ou seja amanha, sera que este procedimento vai ajudar a desinchar mais rápido? queria parar de babar é constrangedor, meus beiços estão gigantes, quanto tempo demora para voltar, estou começando a conseguir fechar a boca e segurar agua la dentro algum tempo isso significa melhora? sou muito ansiosa e comilona, não aguento mais ficar no suquinho deitada na cama.

    Obrigada

    Bárbara

    ResponderExcluir
  14. Olá Bárbara,

    - A fisioterapia deve ajudar sim a diminuir o inchaço e o retorno mais rápido do selamento labial. Além de uma cirurgia na região, também houve a mudança de posição... por isso que leva um tempo para a questão de postura dos tecidos (lábios e língua por exemplo). Nesta primeira fase é assim mesmo... precisa de adaptação;

    2- O formigamento do lábio superior é um indicativo que a sensibilidade irá retornar na parte de cima, é muito raro isto não acontecer;

    3- A dormência do lábio inferior já é mais delicada, pois envolve como foi feita a cirurgia, quantidade de avanço da mandíbula e outros fatores. A fisioterapia também vai te ajudar no fechamento dos lábios e mastigação;

    4- Tenha paciência, a primeira semana é a mais delicada, logo logo já estará melhor e adaptada. Daqui alguns meses esquecerá que fez a cirurgia.

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  15. Olá
    Eu fiz a cirurgua ortognatica dia 01/07/10, fiz avanço d maxila e retração de mandibula, estou com 18 dias de Pós operatorio, mas estou arrependida da cirurgia, estou inchada ainda e me sinto feia quando me olho no espelho.
    Além disso, tinha medo q meu nariz ficasse largo e arrebitado apos a cirurgia q em alguns casos ocorre e o meu nariz ja eh arrebitado, assim o cirurgiao deu os pontos e raspou a ponta do meu nariz para q isso nao ocorresse,porem eu me olho no espelho e ainda esta empinado e com um buraco um pokinho maior q o outro. O medico disse q é pelo inchaço, mas estou em duvida de ficar com o buraco diferente do outro, isso volta?
    Estou muito ansiosa, triste, nao consigo sair.
    E normal se arrepender nessa periodo?
    Obrigada
    Marilia

    ResponderExcluir
  16. Olá Marília,

    É bem comum o paciente ficar com dúvidas nesta primeira fase do pós-operatório, por duas principais razões:
    1- Inchaço: o paciente leigo não está acostumado com o que é inchaço. O edema cresce muito rápido nos primeiros dias e desaparece lentamente a partir da segunda semana. Isto não permite que o paciente enxergue como o rosto realmente vai ficar. Isto também é valido para a projeção do nariz e a abertura das narinas, o edema pode estar influenciando nisto;

    2- Adaptação: o seu cérebro estava acostumado a ver o seu antigo rosto no espelho. Por mais que as alterações sejam positivas, leva um tempo até ele aceitar a sua nova imagem, e isto causa estranheza, dúvidas... ainda mais com o inchaço.

    O meu conselho é ter paciência. Converse com o seu cirurgião sobre este assunto. Qualquer conclusão agora sobre arrependimento é com certeza muito precoce.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  17. Obrigada Dr!
    Dois meses e seis dias de pós ortognática. Já de alta do bucomaxilofacial.
    Estou muito feliz! Ganhei queixo e meu rosto esta simétrico. Tem horas que esqueço que fiz a cirurgia.
    A sensibilidade do queixo voltou, já sinto-o completamente, só que o sistema nervoso ainda esta meio confuso, micros choques, coceiras leves e, ainda, a sensação de que o queixo está molhado se fazem presentes, esporadicamente.
    As pessoas que estão no início da cirurgia, abusem dos sucos de frutas com leite, iogurte, sopas instantâneas, caldos quentes (verduras e carnes, bem temperado: fica gostoso), caldo de feijão, perdi pouquíssimo peso, acho que uns tres quilos (até gostaria de ter perdido mais), com criatividade tem bastante opções, pode-se comer de tudo desde que batido no liquidificador, lembrem-se a boa alimentação é fundamental para uma recuperação mais rápida.

    ResponderExcluir
  18. Olá, Doutor..
    Estou feliz por ter encontrado este blog ... já tirei algumas dúvidas a respeito desta tão temida cirurgia que eu preciso fazer, estou fazendo tratamento há mais ou menos 5 anos e sinto - me aterrorizada quando lembro que realmente necessito. A minha dúvida é qual a diferença em usar pino e placas de titânio (é eu acho que é isto, conforme algumas pesquisas eu li que a placa de titânio é reabsorvída pelo organismo, isto procede? Pois estou tentando fazer esta cirurgia (não paga) e usa pinos.. como é a recuperação, dor estou quase entrando em transe... rsrs.. como sofro. Por favor me ajude. Abraços.

    ResponderExcluir
  19. Olá Daycrisan

    - Após a movimentação dos maxilares é necessário realizar algum tipo de imobilização para que o osso cicatrize;
    - Quando realizamos cirurgias na maxila (parte superior) sempre é necessário usar miniplacas e miniparafusos para fixar;
    - Nas cirurgias de mandíbula (parte inferior), na técnica mais comum e versátil, pode ser usado apenas miniparafusos ou miniplacas e miniparafusos. Existe uma outra técnica, que pode ser indicada em alguns casos, onde a imobilização se dá somente com bloqueio maxilo-mandibular (quando o paciente fica 2-3 semanas com a boca amarrada).
    - A decisão da técnica cirúrgica e tipo de fixação cabe ao cirurgião. Ele decide baseado em cada caso e também de acordo com a experiência e preferência dele.
    - Este miniparafusos e miniplacas de titânio não são reabsorvidos pelo organismo. O paciente fica com eles pro resto da visa, sem problema algum. Não existe indicação para removê-los. Isto não aparece e não incomoda os pacientes;
    - Existem alguns materiais para produção de miniparafusos e miniplacas que são reabsorvidas pelo organismo. Estes materiais são muito caros e não tem qualidade melhor que o titânio. Por isso, no Brasil e em quase todo o mundo, os materiais de titânio são os mais usados. Estes materiais reabsorvíveis estão indicados para alguns casos de fraturas em crianças;
    - Como você pode ver em todos os posts, nenhum paciente reclama de dor. É claro que não é confortável estar com a região da boca operada, mas esta cirurgia não dói.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  20. Olá meu nome é Tiago, tenho 18 anos e fui encaminhado pra iniciar o pre operatooorio.
    Eu tenho uma discrepancia no maxilar, eu acho que é assim que fala.Falando no popular:eu tenho o queixo um pouco pra frente e isso é motivo d'eu não gostar e de piadinhas. O Cirurgião e minha Ortodontista falaram que eu vou ficar com o queixo ainda mais pra frente :S
    Meus lábios são grandes, será que vai dá pra perceber eu muito 'queixudo'? Sem conseguir fechar a boca direito :S
    Ele disse que isso é em torno de 1 ano.
    1 ano feio assim? Minha namorada vai me largar :S
    é esse tempo todo mesmo?
    não tem uma maneira mais rápida não?
    grato!

    ResponderExcluir
  21. Olá Tiago,

    O preparo ortodôntico pré-cirúrgico leva em média um ano, isto depende muito da condição dentária prévia, qual tipo de mecânica ortodôntica a ser usada e também colaboração do paciente (não faltar consultas, não quebrar braquetes etc)

    Esta é a maneira tradicional, mais usada para realizar cirurgia ortognática: ortodontia para preparar os dentes (aprox. 1 ano), cirurgia para corrigir os maxilares, ortodontia pós-operatória para finalizar (aprox 3 meses).

    Atuamente existe o conceito de "benefício antecipado" que consiste em operar o paciente logo após a instalação do aparelho. Isto, como o nome mesmo diz, antecipa o resultado estético para o paciente, evita este tempo de espera, e também evita a "piora" estética que este preparo causa antes da cirurgia em alguns casos.
    A questão é que esta é uma opção muito nova e poucos profissionais estão dominando o uso. É necessário que o ortodontista esteja familiarizado com a técnica, assim como o cirurgião, pois exige muito planejamento por parte de ambos, já que não se sabe a posição final dos dentes. Além disso, o tempo de aparelho após a cirurgia é maior.
    Esta técnica também não está indicada para todos os casos (assimetrias, deformidades transversas).

    O ideal é que você encontre um cirurgião e um ortodontista que você confie e considere como melhor opção a que eles acharem... se eles optarem pela forma convencional, é sinal que isto funciona bem nas mãos deles e com isso você tem a garantia de um bom resultado.

    Eu particularmente não vejo meus pacientes reclamando muito deste tempo de aparelho antes da cirurgia. As vezes vejo até o contrário, quando após a cirurgia os pacientes estão ansiosos para se livrar do aparelho.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  22. (continuando... by Tiago) Olha Dr. Eu já uso o aparelho a algum tempo,e comecei a usar novo ainda, tanto é que teve uma epoca que usei uma "mascara" onde fazia pressão no queixo, pra tentar empurra-lo para trás.
    Aí deu uma disfarçada legal,
    mas só que eu sofri um acidente, e tive uma pequena fratura na mandíbula,aí depois dessa fratura que voltou-se a falar da cirurgia.
    Mais o meu maior receio é esse 1 ano com a estética indesejada, esse "queixão" ainda pior do que eu já tenho.
    O meu problema não é ficar esse tempo usando o aparelho e nem o depois e siim a parte que digamos que piora a estética, que o pré-operatório. :S
    Eu gostaria de saber se em todos os casos é assim?
    E quanto mais eu vou ficar queixudo? É uma mudança muito percepítivel? (o pré operatorio)

    E outra coisa, eu fiquei sabendo que muita gente depois, não recupera totalmente a sensibilidade dos lábios.

    O Dr, aconselha a fazer essa cirurgia?
    Quais são os riscos se um paciente que precisar fazer, e não faz?

    Obrigado pela atenção Dr.

    ResponderExcluir
  23. Thiago,

    - Esta piora estética irá acontecer no seu caso, onde o maxilar inferior está para frente, e o preparo pré-cirúrgico irá inclinar os dentes inferiores um pouco mais para frente. Você não vai ficar queixudo, seu lábio inferior é que vai ficar um pouco mais projetado.
    - Esta piora não acontece exatamente em todos os casos. Além disso, isto é uma mudança discreta. Talvez seria mais conveniente dizer que vai ter uma "pequena mudança esteticamente desfavorável" e não dizer "piora estética". Você não vai ficar mais feio por causa disso.
    - A questão da sensibilidade do lábio depende da técnica que vai ser usada para a cirurgia do maxilar inferior. Pergunte ao seu cirurgião se a cirurgia irá envolver o maxilar inferior e qual técnica vai ser usada. De qualquer maneira, este problema da sensibilidade volta ao normal na grande maioria dos casos dentro de até 3 meses.
    - Eu fortemente aconselho esta cirurgia para quem tem indicação. Também é fundamental para o sucesso do tratamento que o paciente esteja bem esclarecido e motivado com o procedimento.
    - Não existem RISCOS para quem decidir não fazer. O problema é que a mordida irá continuar errada e isto traz muitos prejuízos para o paciente ao longo da vida (dificuldade de mastigação, desgastes nos dentes, problemas articulares, dores etc.)

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  24. Oi! Meu nome é Vanessa, tenho 25 anos e passei pela cirurgia Ortognática há cerca de 3 meses e meio aqui em Florianópolis. Tive a oportunidade de fazê-la no Hospital Santa Helena e foi realizada pelo Dr. Jonathas Claus, que foi fantástico. Estou postando aqui porque o depoimento do Thiago (logo acima) me chamou atenção. Eu também assim como ele, fiz um longo tratamento ortodôntico, passei por alguns por alguns profissionais até chegar à Dr. Evelyn Vasconcelos, que foi absolutamente maravilhosa. Bom, o fato é que eu também tive que passar por esse 1 ano de preparação para a cirurgia, e realmente, parece que o desalinhamento fica um pouco mais aparente - mas quer saber Thiago, foi realmente dicreta essa mudança, só eu mesma notava, ou como eu descobri num certo momento, quando eu usava batom de cores fortes, mas acho que esse não é o seu caso. :)
    A minha cirurgia foi super tranqüila em todos os sentidos. Não senti dor em nenhum momento e nem o inchaço incomodou, porque como estava anestesiada, não sentia nada. Acabei por optar pela técnica da boca amarrada, então logo no dia seguinte já senti a sensibilidade voltando. A dieta líquida foi a parte mais difícil, nem tanto pela restrição alimentar, mais pela fraqueza e por não poder falar.
    Hoje estou muito, muito satisfeita. O resultado foi exatamente como eu esperava, na minha opinião, pela competência do cirurgião e também porque fui muito sincera com ele sobre as minhas expectativas, e hoje, com quase quatro meses, acho que já estou próxima do resultado final e estou muito satisfeita. Mas, já que estou aqui, gostaria de perguntar o seguinte: Essa semana senti um estralinho na mandíbula enquando eu bocejo. Isso é normal? E a fisioterapia, é recomendável?

    Obrigada Dr.

    ResponderExcluir
  25. Olá Vanessa,

    Que bom que deu tudo certo com sua cirurgia. Você tocou em alguns pontos interessantes que vale a pena citar:
    - É muito importante encontrar um Cirurgião e um Ortodontista de confiança;
    - É muito importante expor ao cirurgião quais são as suas queixas, suas vontades e também os seus medos;
    - Nas cirurgias de mandíbula existe a opção da técnica que deixa a boca amarrada por 2-3 semanas, mas que tem a grande vantagem de não arriscar a sensibilidade do lábio;
    - Estes estalos na mandíbula provavelmente você já ouviu antes, até mesmo antes da cirurgia. Eu também tenho! Estes estalos estão relacionados a articulação temporo-mandibular e você não precisa se preocupar com isso.

    Obrigado pelo depoimento. Boa sorte em sua fase final de recuperação

    ResponderExcluir
  26. Olá, me chamo Luiz Felipe, tenho 30 anos e fiz a cirurgia ortognática com avanço da mandíbula há 9 dias. O inchaço diminuiu bastante. Entretanto há pequenos sangramentos, principalmente após a higiene bucal. Acho q é normal? Também não estou sentindo o lábio inferior e o queixo. Entretanto, sinto, em alguns momentos, formigamentos e choques.

    Minha única preocupação é em relação aos pequenos sangramentos que até agora continuam e com a ausencia de sensibilidade .

    ResponderExcluir
  27. Olá Luiz Felipe,

    A sensibilidade no queixo, como você pode ler nos posts anteriores, é uma queixa relativamente comum aos pacientes que fazem avanço de mandíbula. Formigamentos e choques são sinais de que a função nervosa está sendo restabelecida. Não se preocupe que vai voltar, ainda mais que isto já está acontecendo com apenas 9 dias de cirurgia.
    Algum sangramento durante a escovação é normal também. Mas esta é uma situação que não posso avaliar apenas através de comentário. Sugiro que procure seu cirurgião para que te examine e veja se está dentro do normal.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  28. Olá, me chamo Fernanda e tenho 35 anos. Com 23 anos tive uma neoplasia na mandibula esquerda, tendo q retirar, fazer enxerto osseo e fixar placa de titanio. Ontem senti um certo ranger no local da placa.Desde entao fico apreensiva qto ao abrir a boca e a mastigação. è possivel que ela tenha "saído" do lugar? Como devo proceder?

    ResponderExcluir
  29. Olá Fernanda,

    É possível sim que tenha ocorrido algo no local, e isto pode estar relacionado com o material da placa. Se algo aconteceu foi um azar, porque já se passaram 12 anos, mas também é verdade que o material usado naquela época tinha uma qualidade muito inferior ao que usamos hoje.

    Eu te recomendo procurar o mais breve possível um Dentista especialista em Cirurgia Bucomaxilofacial. Dê preferência para sócios do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial. Ele irá te examinar e pedir algum exame (radiografia ou tomografia) para melhor avaliar. Leve consigo todos seus exames anteriores que dispuser.

    Se você ainda tem contato com o cirurgião que fez a cirurgia procure-o também.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  30. Bom dia Dr. meu nome é Andréa. Fiz essa cirurgia a dezoito dias não fiz o queixo somente mandibula e maxilar, nos cinco primeiros dias não senti dor alguma, após este período comecei a sentir uma forte dor no queixo tipo uma nevraugia uma dor que não passa com nenhum remédio ja tomei até medicamento a base de morfina e não resolveu continuo com a dor. Estive onde fiz a cirurgia os cirugiões nunca viram casos tipo o meu mesmo porque não mexerem no queijo somente manipularam procedimento normal deste tipo de cirurgia, pois alguns ja falaram que é normal diante a divergencias de opiniões resolvi procurar alguma outra opinião. Seria possivel me responder com sua opinião? Desde já agradeço. Meu e-mail é kassy_sp@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  31. Olá Andréa,

    Nas cirurgias de avanço mandibular é comum acontecer distúrbios neurosensoriais. Em cerca de 50% dos pacientes eles acontecem, mas de maneira temporária, ou seja, retorna tudo ao normal com cerca de 2 semanas a 3 meses. Em cerca de 3% dos casos ocorre algum tipo de dano permanente.

    Estes distúrbios neurosensoriais geralmente se apresentam na forma de parestesia. Clinicamente, o paciente com parestesia relata que parte do lábio inferior e do queixo estão anestesiados, que ele não sente. Isto é o mais comum.

    Mas, um dano ao nervo também pode se manifestar de outras formas: além da parestesia pode ser disestesia (sensibilidade alterada); anestesia (totalmente dormente) e hiperestesia (sensibilidade aumentada).

    Da maneira como você relata, posso imaginar que possa estar acontecendo uma hiperestesia, que é raro mas pode acontecer nestes casos. Existem algumas medicações específicas para isso que podem amenizar as suas dores. Vamos ficar na torcida para que seja algo temporário. Existem também terapias alternativas como laser e acupuntura... elas carecem de uma evidência científica, mas vários pacientes relatam melhoras.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  32. Amada

    Oi Boa noite, gostaria de tirar uma duvida...Meu marido tem o queixo um pouco p frente, nada exagerado mais o suficiente p estar fora do normal e para alterar a sua mastigaçao, descobrimos o problema com um ortodontista, hj isso tbm acaba sendo visto tbm nao so no sentido funcional mas tbm estetico; ele ja tem uma cirurgia marcado para meio de outubro, ja tem quase um ano q usa o aparelho e os dentes dele inferiores sao a frente somente na mesma proporçao da normalidade ao contrario, nisso o cirurgiao, indicou somente a retraçao do queixo, no caso nao mexer na parte de cima, mas num outro momento ele tbm deu a entender q poderia tbm avançar um pouco a parte de cima...estamos agora em completa duvida de qual das duas opitar, tanto pelo resultado como pelos riscos, poderia nos ajudar a tirar essa duvida? Muito obrigado!!!!

    ResponderExcluir
  33. Tatiele,

    Quando o paciente tem prognatismo (mandíbula para frente) basicamente temos 3 opções de tratamento: recuo de mandíbula; avanço de maxila ou; cirurgia combinada nos dois maxilares.
    - Quando a discrepância é pequena geralmente tentamos resolver com cirurgia em apenas um maxilar, assim a cirurgia é menor, recuperação mais rápida, menor morbidade e etc. Mas isto pode mudar dependendo da vontade do paciente, ou seja, que tipo de mudanças ele deseja.
    - Existe uma tendência hoje para realizar mais avanços do que recuos. Por exemplo, em um caso de uma pequena discrepância prefere-se avançar a maxila do que recuar a mandíbula. Isto nem sempre é levado em consideração;
    - Esta tendência deve-se ao padrão estético atual (onde cada vez as pessoas tem a mandíbula mais marcante) e também a questões relacionadas com a respiração. Uma cirurgia de avanço de maxila tende a melhorar o espaço aéreo enquanto que um recuo de mandíbula tem a tendência de piorá-lo. Isto influência na questão de ronco e apnéia. Entretanto, isto depende da quantidade de movimentação, anatomia do paciente e etc;
    - Alguns casos de prognatismo são acompanhados de desvio mandibular, nestes casos torna-se obrigatório operar a mandíbula para corrigir o desvio e, nos pacientes que preferem a cirurgia em um maxilar só, escolhe-se então apenas operar a mandíbula (neste caso evitando uma cirurgia de maxila);
    - Quando a discrepância é grande partimos para uma cirurgia combinada, por razões de estética e estabilidade;

    A escolha depende: 1) tamanho da discrepância; 2) vontade do paciente; 3) opinião e preferência do cirurgião.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  34. boa noite
    Quando tinha 18 anos coloquei aparelho ortodontico para corrigir minha mandibula que era retraida. Apos tratamento a mandibula ficou normal. Mas com o passar dos anos percebi que o tratamento foi em vão, pois meu queixo voltou totalmente como se nunca tivesse usado a aparelho. Procurei um orto e em seguida o buco que indicou a cirurgia. Estou em tratamento e anciosa para cirurgia. Creio que apos a cirurgia meu queixo não voltará a retração, correto? Em quais casos indicam o procedimento de amarrar a boca?

    ResponderExcluir
  35. Boa tarde "Páginas de Nossas Vidas"

    - Com a cirurgia o seu queixo não voltará a ter retração. Provavelmente o seu primeiro tratamento ortodôntico só colocou os dentes para frente e nos dentes é que houve retração. Não existe razão para uma retração óssea espontânea.
    - Toda movimentação óssea com cirúrgica tem possibilidade de recidiva. Recidiva é a tendência de os tecidos voltarem para sua posição normal. Atualmente isto não tem sido uma grande preocupação devido a evolução das técnicas e dos materiais de fixação, além do controle do ortodontista.
    - Nos casos de cirurgias mandibulares onde a movimentação planejada seja recuo, giros ou pequenos avanços podemos usar 2 técnicas: 1) que permite sair com a boca aberta, recuperação mais rápida, mas que tem o risco de alterar a sensibilidade do lábio e queixo (parestesia); 2) que sai com a boca amarrada por 2-3 semanas mas que não apresenta o risco de parestesia.
    - A escolha da técnica depende da opinião do pacientes (qual ele prefere) e da experiência do cirurgião (qual ele acha mais indicado). O ideal é que o cirurgião ofereça ambas as técnicas (quando indicado) e o paciente escolhe.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  36. resposta no endereço eletronico ale_cristoff@yahoo.com.br obrigada.

    ResponderExcluir
  37. Boa tarde Alessandra,

    Realmente é muito comum pessoas que trataram com ortodontia no passado e estão passando por retratamento para realizar a cirurgia ortognática. Isto acontece porque na época a cirurgia não era tão difundida como é hoje. Além disso as técnicas e materiais evoluiram muito tornando o procedimento mais seguro e eficaz.

    Se você tem vontade, não gosta do seu rosto, este é o caminho: encontrar um Ortodontista e um Cirurgião de confiança. Estas pesquisas na internet também ajudam.

    Refazer um tratamento, usar aparelho por um ano, submeter-se a uma cirurgia... tudo isso pode parecer muita dedicação mas os pacientes que estão bem indicados não se arrependem e fariam novamente.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  38. Boa, noite! Meu nome é Bruna, tenho 20 anos e faço tratamento ortodôntico desde os 10 anos de idade. Sou prognata e já passei por vários procedimentos de "camuflagem ortodôntica" como mentoneira, hass e o próprio aparelho fixo. Há 4 anos atrás havia tirado o aparelho fixo e havia ficado muito bom. Mas logo depois de 1 ano, meus dentes voltaram a ficar topo a topo e isso começou a prejudicar a raiz de um dos dentes inferiores. Assim, voltei a usar o aparelho fixo e estou com ele até hoje. Comecei a pesquisar sobre a cirurgia ortognática e procurei um especialista... ele disse que é recomendável que eu a faça pois provavelmente logo quando eu tirar o aparelho fixo, a tendência é que a minha mordida volte a ser topo a topo novamente. Disse que provavelmente o meu caso será de avanço de maxila superior. Assim, estou motivada a fazer essa cirurgia mas queria muito que ela fosse realizada no começo do ano que vem pois faço faculdade e é período de férias, ideal para o pós-operatório que como já venho pesquisado, é bem lento e doloroso.
    O senhor acha que é possível o tratamento pré-operatório até janeiro do ano que vem, começando no ínicio de outubro, visto que já uso aparelho fixo a 2 anos e meio e os dentes estão alinhados, só a mordida topo a topo?
    Obrigada
    brunapiacesi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  39. Olá, Boa noitee...
    Tenho 45 dias de pós.Estou tendo uma ótima recuperação.Minha cirurgia foi muito bem suscedida.Fiqueii mto bem , tanto fisicamente quanto o meu lado pisicológico. Não tive hematomas, só fiquei bem inchada, e ainda estou um pouco!Tenho um pouco de medo da minha sencibilidade do lábio inferior não voltar , pois a minha cirurgia não foi ''amarrada'' .A parte de cima ja sinto toda , mas o resto não .Isso me preocupa bastante. Meu cirurgião disse que meu nervo está intacto , isso ele pode me garantir.Eu sinto formigamentos , choquinhos ,desde o começo mais até agora nada! Já não era pra eu estar sentindo mais?? Queria uma ajuda nos exercícios de fisioterapia tbm. Abertura de boca , qualquer coisa que eu possa fazer para a sencibilidade voltar mais rapido e a boca fechar, o mais perto do normal . Do que era antes! Obrigada boa noite!

    ResponderExcluir
  40. Boa noite Bruna (2 posts acima),

    - Também acho que seus dentes irão recidivar se você tentar compensar novamente (somente com aparelho). Não adianta lutar contra a posição fisiológica dos dentes, posição da língua e etc;
    - Como você já fez tratamento, seus dentes estão alinhados e nivelados... isto acelera muito o preparo ortodôntico pré-cirúrgico. Como você tem necessidade de operar na época das férias, é bem possível que seu ortodontista consiga preparar em tempo. Mas isto, eu como cirurgião não posso te garantir, vai depender do seu orto.
    - Se você não estiver 100% pronta nas férias, isto não deve impedir a realização da cirurgia. Se houver entrozamento entre o seu cirurgião e o seu ortodontista eles podem prever a posição final e realizar a cirurgia. Talvez isto vai apenas implicar no aumento do tempo de ortodontia pós-operatória.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  41. Boa noite Tamy Giannucci,

    Que bom que sua cirurgia saiu tudo bem!

    Se você sente formigamentos e choquinhos é um bom sinal. Continue estimulando você mesma manualmente e peça para que seu cirurgião te encaminhe para uma fonoaudióloga ou fisioterapeuta especialista em motricidade oral;

    O fato é que de 50-70% dos pacientes que fazem a cirurgia na mandíbula, com a técnica de boca aberta, apresentam esta alteração de sensibilidade no lábio. Felizmente isto é temporário, cerca de 3% apenas mostram danos permanentes. Mesmo assim a melhora da mordida e estética faz com que os pacientes não liguem tanto para isso;

    Por mais que o nervo tenha ficado intacto durante a cirurgia não se pode garantir que vai voltar a sensibilidade. Isto pode ser causado pelo processo inflamatório, por algum parafuso da fixação, compressão óssea... etc.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  42. Boa noite novamente! Obrigada pelo esclarecimento, me deixou mais aliviada! Mas tenho outra dúvida... por provavelmente eu ter que fazer a cirurgia apenas no maxilar superior, isso implicará perda de sensibilidade como tantos que postaram aqui relataram ou isso ocorre apenas nas cirurgias na mandíbula, em que o nervo trigêmeo é afetado? O inchaço, edema e ficar por volta de 2 meses sem comer também se aplicam?
    E a última dúvida: foi a mesma do Tiago que postou aqui... o pré tratamento ortodôntico piorará muito meu aspecto físico? Tenho receio de que isso possa me trazer problemas psicológicos... a mudança será muito radical a ponto de que isso possa ocorrer?
    Obrigada desde já!

    ResponderExcluir
  43. Bom dia Bruna,

    - A questão da sensibilidade do lábio no pós-operatório envolve mais as cirurgias de mandíbula. Na cirurgia do maxilar superior o lábio superior estará dormente na primeira semana, mas isto sempre volta, nunca vi um paciente se queixando por isso;
    - Sim, tanto no lábio superior quanto no inferior o nervo envolvido nesta sensibilidade é o nervo trigêmeo.
    - O preparo ortodôntico pré-cirúrgico em alguns casos piora a relação entre as arcadas para que a cirurgia possa corrigir depois. Isto é feito para viabilizar a cirurgia com o melhor resultado possível. Mas eu repito que isto é em alguns casos e esta mudança é discreta, não pe radical... ninguém vai notar você mais bonita ou mais feia por isso.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  44. Bom Dia!
    Oi, meu nome é larissa, já uso aparelho a algum tempo, e surgia a necessidade de fazer essa cirurgia - retração do maxilar inferior - quero fazer todo o procedimento em uma clínica particular, eu queria saber, quanto mais ou menos eu iria gastar, incluindo os exames, anestesistas, material hospitalar,...
    Grata!

    ResponderExcluir
  45. Boa tarde Larissa,

    Os custos de uma cirurgia ortognática possuem algumas variáveis como: cirurgião, tipo de cirurgia, tipo de clínica, tipo de material de fixação interna rígida (miniplacas e miniparafusos de titânio), dentre outros.

    Os gastos da equipe cirúrgica envolvem: Cirurgião, Auxiliares (normalmente 2), Instrumentadora e Anestesista.

    Os gastos hospitalares envolvem: Internação, Cenro Cirúrgico, Medicações e Exames. Este custo tem sido coberto pelos convênios de saúde.

    Os gastos com o material de titânio também é coberto pelo plano de saúde. Alguns cirurgiões trabalham com material importado, e isto nem todos os convênios cobrem.

    O melhor que tens a fazer é consultar um ou mais cirurgiões. Apesar da questão financeira ser importante, não escolha o seu cirurgião pela questão custo. Escolha um que você confie, que seja membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  46. Olá, Doutor!

    Meu nome é Nil, se correr td bem minha cirurgia está marcada p/ o final do mês, gostaria de saber como são nos primeiros dias de pós operatório, se depois de qtos dias poderei fazer serviço de casa, como cozinhar etc...e se dá p/ estudar, se concentrar ou sangra muito...
    A melhor opção seria optar pela boca amarrada, pois a menos risco de ficar com sensibilidade nos lábios ou a questão de babar?
    Ah,a drenagem linfática e a fono são precisas depois de qtos dias?
    Há pacientes que não precise de fono ou da drenagem?
    A alimentação é líquida após a cirurgia, podem ser batidos qualquer tipo de alimento?
    Meus Parabéns, pelo seu blog pois têm me ajudado a tirar minhas dúvidas!

    Bjos e Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  47. Bom dia Nil,

    Vamos às suas respostas:
    - Nos primeiros dias você terá uma limitação física de uns 2 dias para se recuperar do ato cirúrgico, ou seja, vai ficar a maior parte do tempo deitada ou sentada. Nada te impede de ler, trabalhar no computador. Depois disso você poderá fazer atividades de rotina como andar pela casa, ir ao mercado ou cinema... sua limitação vai ser o inchaço que talvez você não queira aparecer em público com o rosto inchado. A partir da primeira semana você pode ir retomando seus compromissos, nada de exagero, você mesma vai saber o que pode e o que não pode.
    - A técnica de boca amarrada não é a melhor opção. A melhor opção é aquela que mais se encaixe para o teu caso. Ela é uma excelente opção para os pacientes que não querem arriscar a sensibilidade do lábio. Outros pacientes podem preferir sair com a boca aberta.
    - A fono é interessante para os casos de grandes movimentações pois ajuda a corrigir a postura da língua, movimentação oral etc, mas não é necessária em todos os casos. Ela está indicada a partir do dia que o seu cirurgião te liberar.
    - O mesmo acontece com a drenagem linfática, os pacientes fazem para acelerar a regressão do edema, não é obrigatório fazer. Eu costumo liberar meus pacientes para fazer a partir do segundo dia de pós-op.
    - Se você optar pela técnica de boca amarrada sua alimentação será líquida. Se for bater no liquidificador pode ser qualquer alimento. Para não perder muito peso você pode fazer algum tipo de suplementação. Se você optar pela técnica da boca aberta sua alimentação será líquida-pastosa e não precisa bater no liquidificador, massas, frango desfiado, carne moída... pode comer sem restrições.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  48. Bom dia Doutor,

    descobri a pouco tempo que para corrigir meus dentes será necessário fazer uma ortognática também. Se não me engano meu caso é de Classe II, pois a parte superior é pra frente e inferior pra trás. Sempre tive muita vontade de colocar o aparelho pra mudar isso, pois não gosto do meu perfil. Mas após pesquisas sobre a cirurgia acho que vou desistir de fazer essa correção. É uma cirurgia muito complexo e muitas pessoas depois de anos da cirurgia ainda tem problema se sensibilidade no queixo e lábios. Pensei em colocar só o aparelho, mas meu dentista falou que fazer o que eu queria, e achava que era necessário, de colocar a parte superior pra trás, vai prejudicar mais ainda minha estética, já que não é a parte superior que estar avançada, mas a parte inferior que tá recuada. Não sei se estou disposto a fazer essa cirurgia. Também ouvi falar que os custos são altíssimos, passando dos 20mil. É isso mesmo? Poderia me esclarecer melhor dessa cirurgia? Estou sem coragem de fazer.

    ResponderExcluir
  49. Bom dia Daniel,

    - Você pode ficar tranquilo com relação a complexidade do procedimento. Não se trata de uma cirurgia complexa por ser grande ou envolver riscos elevados... é uma cirurgia que envolve muito mais detalhes, milímetros, precisão.
    - A questão da sensibilidade do lábio não acontece em todos os casos e, quando acontece, na grande maioria das vezes é temporária, ou seja, o lábio volta ao normal após algum tempo.
    - Se o procedimento estiver bem indicado você com certeza não irá se arrepender. Os pacientes costumam ficar muito contentes com a melhora estética e funcional (mordida, respiração e fala) que acontece.
    - Os custos dependem muito do tipo de cirurgia a ser realizada, cirurgião, convênio etc... acredito que na grande maioria dos casos não ultrapassa R$ 20 mil, bem abaixo disso.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  50. Bom dia, Doutor!
    Estou no tratamento ortodentário à quase 3 anos.
    É normal demorar tanto tempo assim antes da cirurgia?
    Minha mandíbula e meu maxilar são projetados para dentro. Quanto é em média uma cirurgia ortognática para corrigir isso?

    ResponderExcluir
  51. Bom dia Tiago,

    O preparo ortodôntico pré-cirúrgico costuma levar em média um ano, mas isto depende muito de cada caso. Algumas assimetrias, casos que necessitam extrações dentárias, pacientes que faltam consultas costumam levar mais tempo. Em algumas situações o tratamento estava sendo conduzido com ortodontia convencional e depois de um certo tempo resolveu-se mudar para um caso ortodôntico-cirúrgico, isto também aumenta o tempo de tratamento.

    Não existe uma média de valor para esta cirurgia. Peça para que seu ortodontista indique alguns Cirurgiões da confiança dele. Dê preferência para Cirurgiões membros do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  52. Bom dia, doutor.
    Eu tenho 17 anos, minha mandíbula é um pouco avançada, não considero tão avançada assim, mas é notável. Meu dentista falou que vai tentar avançar meu maxilar, apenas, com o uso de aparelhos. Poderia me dizer qual diferença estética e funcional entre avançar o maxilar e retrair a mandíbula? Como todo prognata, só consigo me imaginar com a mandíbula retraída, que para mim, ficaria muito melhor estéticamente. A cirurgia para o meu caso é aconselhável ou devo seguir o cronograma?

    ResponderExcluir
  53. Boa tarde Francisco,
    - Se o seu ortodontista resolver tratar a sua deformidade somente com ortodontia (sem cirurgia), isto é apenas possível tentando avançar a maxila. Recuar a mandíbula é impossível somente com ortodontia, ainda mais que você já atingiu a fase óssea adulta;
    - É comum o paciente prognata achar que o problema está apenas na mandíbula, mas a grande maioria dos casos é a maxila que está retraída dando a impressão que o problema é na mandíbula. Quando a diferença é pequena sempre temos que optar entre o recuo de um ou avanço de outro. Cada caso é um caso;
    - A tendência estética da sociedade atual favorece mais os avanços do que recuos, isto é fato. Outra questão é que um avanço de maxila poderá melhorar a sua capacidade respiratória enquanto que um recuo de mandíbula poderá piorar. Isto depende muito do tamanho da moviemntação, mas também é um fato que consideramos;
    - Se o seu ortodontista é de sua confiança e está indicando não operar, confie nele. Outra opção é pdir uma segunda opinião com outro profissional, isto é saudável e pode te ajudar na escolha;
    - A decisão entre operar ou não, maxila ou mandíbula depende de cada caso em si, da preferência e experiência do profisional e muito da vontade do paciente... qual é o seu desejo com o tratamento.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  54. Oii doutor
    Eu fiz a cirurgia há quase 4 meses, tenho 21 anos e fiz avanço de 4 mm maxila e recuo d 2 mm na mandibula.
    Eu ja comentei aqui sou a Marília.
    Em relação a aparencia nao estou me sentindo boonitaaaaa, como mt pessoas c sentem apos a cirurgia, acho q melhorei mas meu nariz piorou entao ficou meio q na mesma, mas td bem qq coisa dps eu opero o nariz.
    Eu estou mt preocupada cm a parestesia, mt msm, vivo chorando pq ta mto ruim.
    Tive q passar por uma outra pequena cirurgia dps d 2 meses da ortognatica pq havia ocorrido hiperplasia no ponto q fica no freio sab? Ainda sinto uma sensação d preso no freio, na cicatriz, ainda arde um pouco o lugar qd passo a lingua, isso eh normal? Ja faz 1 mes dessa "nova cirurgia"

    N sinto o queixo e metade do labio inferior, alem da gengiva do labio superior, oq da a sensação d "´preso" em cima e embaixo.
    Na parestesia, nao sei mais oq fazer, fiz 16 sessoes de lazerterapia, ainda faço as vzs. Melhorou um pokinho mas n voltou ao normal.
    Eu sei q isso eh uma coisa q n tem como prever, mas eu n esperava q isso ia durar tanto tempo. O medico tinha falado q a sensibilidade volta e no maximo ia ficar soh o centro do queixo cm parestesia, mas está bem mais q soh o centro.
    Eu n entendo, no lazer eu ate sinto o lazer penetrar em alguns pontos sab, qdo vou tomar banho o jato qd bate no queixo dá ate uma dorzinha d sensibilidade como c fosse dentes sensiveis.
    N sei mais uq fazer, qd leio q a chance d ser dano permanente eh d 3%(li em uma das respostas), me desespero e choro pq n kro estar nessa estatistica.
    Fiz a cirurgia pq todo mundo falava q era melhor agora q sou nova e q mais tarde poderia ter q fazer essa cirurgia e seria pior, ter problema d atm....
    Me ajude, uq mais posso fazer? acumputura, homeopatia?
    Ahh a cirurgia por ter ficado sem amarrar causa essa perda d sensibilidade??
    to mt desesperada!!
    Marilia

    ResponderExcluir
  55. Marilia,

    As alterações estéticas que ocorreram no seu caso é difícil de opinar pois é algo que necessita ser "visualizado", não consigo avaliar somente lendo... Mas as mudanças quase sempre são positivas e o cirurgião consegue prevê-las antes da cirurgia para que o paciente já se prepare. Entretanto, alguns casos apresentam limitações que a cirurgia por si só não corrige.

    A sensibilidade na gengiva superior deverá voltar, isto ainda pode levar algum tempo, mas deve voltar. O mesmo para a sensação no freio labial... o tecido mole leva até mais do que 6 meses para se recuperar depois da cirurgia.

    Já a sensibilidade do lábio inferior é mais difícil. Após 4 meses eu acredito que algo ainda deve melhorar, mas é bom você se preparar que 100% da sensibilidade não deve voltar.

    Homeopatia não terá efeito algum. Laser e acupuntura poderão ajudar, digo "poderão" porque não existe uma evidência científica suficiente para afirmar isso, mas algumas pessoas dizem que ajuda, ainda mais após 4 meses. De qualquer forma, qualquer estimulação, seja ela com laser, agulhas, massagens etc irá ajudar de alguma forma...

    Mesmo que não volte 100% seu organismo irá se adaptar aos poucos e você irá se acostumar e quem sabe até esquecer disso, pois fará parte de sua rotina. Com 4 meses ainda é tudo muito recente. Converse com seu cirurgião.

    Quando opta-se pela técnica de boca amarrada, os riscos de parestesia são muito menores... mas tem a desvantagem de ficar 2-3 semanas com a boca amarrada.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  56. DR., eu tenho de fazer a cirurgia a boca porque tenho os dentes do maxilar superior para fora porque chuchei ate agora no dedo mas os meus dentes estao todos direitos tenho de meter aparelho nos dentes? eu fui a um dentista e ele disse-me que no meu caso nao valia a pena meter aparelho mas pelo que ja soube todas as pessoas que fazem a operaçao tem aparelho!

    ResponderExcluir
  57. Bom dia Patty,

    - Se o seu caso necessita de uma cirurgia ortognática com certeza você precisará usar aparelho;

    - O ideal é você consultar com um especialista em ortodontia que tenha experiência em casos cirurgicos. Depois procure a opinião de um cirurgião, dê preferência a profissionais que sejam membros do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  58. Olá meu nome é Diana, tenho 21 anos e estou usando aparelho ortodôntico, pois terei q fazer a cirurgia ortognática, e a minha duvida é a seguinte, fiz um plano de saúde o Amil blue II, pois foi a drª com quem faço tratamento q me indicou, pois o dr. q ela encaminha os pacientes dela atendia esse plano, só q agora ele passou a não atender mais devido a demanda de pacientes e por ele ganhar pouco realizando essa cirurgia por esse plano. A drª me aconselhou a fazer um novo plano na qual ele atende, só q fazendo um novo plano terei q pagar mais caro e esperar a carência novamente,é melhor eu fazer outro plano pra ser atendida por esse doutor ou é melhor eu continuar com esse plano e procurar outro drº que faça, pois o meu plano atende a essa cirurgia o drº que eu iria fazer q não atende mais, o que seria mais apropriado? Pois tenho medo de fazer com um drº q não tenho indicação e que a drª também não conheçe o trabalho dele. Gostaria de saber também se essa cirurgia oferece riscos pra pessoas fumantes e qual os cuidados a serem tomado por pessoas q fumam.


    Obrigada.

    ResponderExcluir
  59. Bom dia Diana,

    - Como você foi encaminhada para este Cirurgião e já tinha tudo encaminhado com ele, minha sugestão é você manter o mesmo profissional. Vocês já tem um canal de comunicação e você já confia nele. Converse com ele a respeito desta questão do plano e custos;

    - Caso você procure outro cirurgião, peça algum nome para seu ortodontista. Aceite apenas especialistas membros do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial.

    - O tabagismo prejudica a resposta do paciente, independente do tipo de cirurgia. Felizmente não prejudica a ponto de contra-indicar a cirurgia ortognática. Se possível, inicie desde já uma redução no consumo e pare algumas semanas antes da cirurgia. Quem sabe este pode ser um bom motivo para você parar de vez.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  60. Olá pessoal! me chamo Edson e gostaria de parabenizar ao organizador deste espaço para que todos leigos no assunto como eu possa está tirando suas dúvidas! fiz a cirurgia recentemente dia 30/10/2010 e como tinha bastante medo de perder a sensibilidade de meus lábios optei por uma técnica extra-bucal vertical e nessa técnica não são usadas placas e parafusos, apesar de ser bastante desconfortavel tenho medo de tirar os elásticos com a seis semanas conforme dito por meu cirurgião. Como é de costume dos mineiros a desconfiança anda ao lado.
    abraço.
    Edson

    ResponderExcluir
  61. Olá, sou Nutricionista clinica, resido em Florianópolis e atendo pacientes encaminhados pelo Dr. Jonathas Claus, cirurgião buco-maxilo renomado e excelente profissional que atua na cidade (possui inclusive livro publicado na área) - e visitando seu blog, percebi que aqui também há muitas dúvidas de pacientes que fizeram ou farão a cirurgia ortognática em relação à alimentação, durante o periodo de recuperação. Nos posts acima, casos de pacientes que emagreceram muito, que não conseguem aderir a dieta líquida ou pastosa obrigatória nessa fase.

    Quem determina a dieta e o período de duração da mesma é sempre o cirurgião. Como você faz esta orientação? Encaminha para a nutricionista? Indica algum produto especificamente?

    Com nossos pacientes aqui de Florianópolis, costumo indicar produtos para aumentar a densidade calórica e dar outras orientações evitando assim que o paciente emagreça exageradamente ou perca muita massa muscular.

    - É essencial que o paciente fracione bem a alimentação: se alimente de 2 em 2 horas, não exagere nos carboidratos e gorduras (comendo somente sorvetes por exemplo) e esquecendo das proteínas. Entre os hiperprotéicos/hipercalóricos, existem os da Nestlé (Forticare - caixinha, Nutren Active em lata, Nutren 1.5 em caixinha, Nutridrink em garrafinha).

    - Sopas geralmente são naturalmente pouco calóricas - então oriento adicionar gorduras saudáveis como azeite de oliva na preparação antes de liquidificar para aumentar a densidade calórica. Ainda nas sopas, sempre liquidificar com carne, frango ou clara de ovo, deixando mais cremosa possível, variando sempre os tipos de legumes. Usar hiperprotéicos em pó (indicados para atletas) para enriquecer as vitaminas. Gosto do Whey Optimun.

    - No link www.gismarinutricionista.com.br/receita_01.htm deixo uma sopa creme de abóbora simples, nutritiva e fazer muito saborosa, indicado para estes casos.

    - Outra dica é adicionar óleo de côco extra-virgem, que possui sabor agradável nas vitaminas e cremes a base de frutas e leite/iogurte.


    Nossos pacientes possuem ótima recuperação ficam muito satisfeitos com os resultados da cirurgia - destaco sempre que a nutrição terá um papel importante na cicatrização e reconstituição dos tecidos. Por isso não esqueça a vitamina C - provenientes dos sucos cítricos. Indico suco de manga com laranja e adição de gérmen de trigo em sucos e iogurtes (rico em Vitamina E protetor do sistema imunológico). Lembre-se sempre que é uma fase, que é preciso usar a criatividade para não enjoar dos alimentos e mesmo que não existe motivação, insista na alimentação fracionada. Quando esta etapa passar, verá que valeu a pena.


    Boa sorte a todos!!
    Abraços


    Gismari Bertoncello - CRN 1408
    Nutricionista Clínica e Personal Diet
    www.gismarinutricionista.com.br

    ResponderExcluir
  62. OLA DOUTOR,

    MEU NOME É REJANE,DEPOIS DE 10 ANOS DE ESPERA FINALMENTE FIZ A CIRURGIA NO DIA 1 DE DEZEMBRO, GRAÇAS A DEUS NAO TIVE NENHUMA DOR, O INCHAÇO JA DIMINUIU BASTANTE. O INCOMODO MAIOR E A FALTA DE SENSIBILIDADE NO QUEIXO E NO LABIO INFERIOR. MAS ASSUSTEI QDO VI MINHA RADIOGRAFIA POS CIRURGIA, A QTIDADE DE PLACAS E PINOS E O MEU QUEIXO NOSSA FOI SERRADO E DEPOIS PARAFUSADO AFF. GOSTARIA DE SABER SE ESSES PINOS FUTURAMENTE NAO CAUSAM DOR OU ALGUMA REJEISÃO. AH E MEU CIRURGIÃO PEDIU P FAZER COMPRESSAS QUENTE, ISSO MELHORA O INCHAÇO?

    PARABENS PELO BLOG
    ABRAÇO

    ResponderExcluir
  63. Bom dia Rejane:

    - Que bom que sua espera terminou, espero que tenha um resultado excelente para que faça valer a sua espera;
    - Os parafusos e placas de titânio não precisam ser removidos e isto não deve te trazer nenhum incômodo. Apenas em países de extremo frio é que alguns pacientes (ceraca de 8%) precisam tirar devido sensibilidade. Isto também não aparece em raio-x de aeroporto nem em porta giratória de banco.
    - Após passar pela primeira etapa do processo inflamatório (onde estava indicado gelo), o ideal mesmo é aplicação de calor. Isto ajuda na drenagem linfática. Caso o inchaço esteja acentuado você pode pedir para o seu cirurgião indicar uma pessoa (esteticista, fonoaudióloga ou fisioterapeuta) para realizar as sessões de drenagem.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  64. olá doutor
    Boa tarde

    Eu já havia postado um comentário no seu blog, a minha dúvida é a seguinte, o médico que iria me atender através do meu plano de saúde não atende mais a esse plano, só tem apenas um médico que atende meu plano de saúde para fazer essa cirurgia, só que ele não é especialista membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial como o senhor havia sugerido, ele se formou no Rio de Janeiro e é cirurgião dentista traumatologista buco maxilo facial. Como saber se é um profissional confiavél? Os profissionais dessa área são bons profissionais? a minha ortodôntista irá comigo na consulta e levará meus moldes, será que ela saberá avaliar esse profissional de acordo com minhas espectativas? Existem pessoas que fizeram essa cirurgia que deu errado?

    Meu plano de saúde é da Amil e como só um profissional atende por ele o consultor do plano de saúde me informou que se a amil indica um profissional é porque ele é bom.

    ResponderExcluir
  65. Bom dia Diana,

    - O Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial é uma entidade que está sempre promovendo a renovação científica de seus membros através de congressos estaduais, nacionais e internacionais, além de publicação de revistas. Por esta razão que sempre aconselho procurar membros do Colégio, mas isto não é uma regra;
    - A sua visita junto com o Ortodontista é uma boa saída, já que o tratamento é conjunto com a Ortodontia;
    - Infelizmente a questão financeira pesa muito, mas o ideal é que você escolha alguém em que consiga estabelecer um canal de confiança, e não apenas pela imposição do plano.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  66. Boa tarde, me chamo Rodrigo. Me submeti a essa cirurgia (avanço de mandibula) faz um mes hoje, tenho algumas duvidas, gostaria de saber se o etna ajuda na volta da sensibilidade, meu cirurgião me receitou apenas cituneurim. Obrigado.

    ResponderExcluir
  67. Boa tarde Rodrigo,

    Não existe nenhuma evidência científica sobre o uso do ETNA e recuperação nervosa após cirurgia ortognática.

    O citoneurin, núcleo CMP (complexos de vitamina B) são substâncias que evitam a destruição de células nervosas. Muita gente indica, mas o fato é que até mesmo estas substâncias não possuem eficácia comprovada cientificamente para este fim. Como não possuem contra-indicações, são uma boa tentativa.

    Você também pode tentar acupuntura, massagens e laser.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  68. Bom dia Dr.

    Descobri o seu blog pesquisando na web o assunto acima. Parabéns pela iniciativa.

    Tenho um problema de mordida profunda. Minha mandíbula parece que não se desenvolveu como deveria. Ela parece que formou uma "casinha" na maxila.
    Naturalmente minha mordida é totalmente errada. Quando eu dou um sorriso, percebe-se que minha mandíbula fica menor e escondida atrás da maxila. Não gosto disso.
    Inclusive o meu sorriso não é alinhado, ou seja, o meu lábio superior esconde um pouco os dentes quando dou um sorriso.

    Bem, em contrapartida, a minha face não é comprometida por causa disso. Acredito que tenho um rosto harmonioso, a pesar de perceber que já tenho Hipertrofia Massetrica.

    Não estou insatisfeito com o formato / assimetria do meu rosto, mas não gosto da posição dos meus dentes, comprometendo o meu sorriso e talvez aumentando a Hipertrofia Massetrica. Ela pode aumentar ??

    O Sr. indicaria a Cirurgia Ortognática neste caso ??

    Muito obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  69. Boa tarde Bruno,

    - O seu descontento com a posição da sua mandíbula em relação à maxila, por ser menor, pode ser corrigida através da cirurgia ortognática. Você teria o benefício de resolver a sua mordida, melhorar a estética do seu sorriso;
    - A sua satisfação com a estética do seu rosto é fundamental para o seu tratamento. Isto pode determinar por não realizar a cirurgia, ou realizar a menor cirurgia possível, corrigindo apenas os dentes, mudando o mínimo possível o seu rosto. Mesmo que as mudanças sejam positivas, elas serão discretas porque você não tem a intenção de mudar;
    - A hipertrofia massetérica pode ser idiopática, ou seja, uma causa desconhecida. Na sua situação, a causa parece estar sendo gerada pela má posição da sua mandíbula que faz com que você force demasiadamente o músculo masseter;
    - Se você resolver o problema, ou seja, fazer a cirurgia, a tendência é encerrar o estímulo para crescimento do músculo e a sua hipertrofia se torne mais discreta. Mas isto é um efeito secundário da cirurgia. O objetivo é corrigir a sua mordida e secundariamente pode melhorar a questão da hipertrofia massetérica;
    - Eu te aconselho consultar com alguns profissionais, Ortodontistas e Cirurgiões Bucomaxilofaciais, realize os exames e escute as possibilidades. Se estiver indicado, a cirurgia ortognática traz grandes benefícios.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  70. Boa Tarde,Dr.

    Sou a Nil e já postei algumas dúvidas sobre a alimentação antes de minha cirurgia.
    Antes de me operar deixei uma pergunta em seu email sobre ter aparecido em minhas radiografias cálculos na glândula maxilar e perguntei se haveria algum problema na operação, mas o Dr.disse:p/ que eu postasse aqui.Com a correria de me preparar p/ a operação não tive tempo de postar. Meu cirurgião disse: que não haveria problema,minha dúvida é se futuramente isso possa me causar algum problema?
    Minha cirurgia aconteceu dia 9 de Novembro, graças a Deus correu tudo bem, não tive dores, edemas, o inchaço muito pouco, meu cirurgião disse: que estou muito bem. Antes de me operar tomei vitamina C e Chrolela( receitado por um Fitoterapeuta) que creio que me ajudaram muito na minha recuperação, não sei se o Dr. conhece ou recomenda...estou me alimentando bem, pastoso devido as borrachinhas.
    Ganhei queixo e agora consigo fechar a boca, estou ansiosa agora p/ ver meu sorriso, ainda não posso devido a abertura de boca(borrachinhas).
    Há um pequena dormência nos lábios e no queixo, meu cirurgião pediu p/ eu faça exercícios como boca de peixinho e queixo p/ frente e p/ os lados p/ dar mobilidade, é estranho pq o queixo fica duro...gostaria de saber, por quanto tempo leva tudo isso!!! É normal,dar umas repuxadas no sentido do ouvido?
    Qto ao queixo e a mobilidade o Sr. acredita que só os exercícios que o cirurgião me passou são suficientes ou uma fono poderia acelerar mais o processo?
    Um Abço.

    ResponderExcluir
  71. Boa tarde! Tenho 22 anos e recentemente estive com dois ortodontistas. Enquanto um me indicou a cirurgia ortognatica, o outro me aconselhou a fazer um tratamento compensatorio apenas com a ortodontia. Decidi que vou fazer a cirurgia, pois a parte estética me incomoda bastante (apesar de morrer de medo!). Ocorre que eu extraí os sisos há quase um ano e meio e até hj tenho uma pequenina dormencia no canto do labio inferior, mas pequenina mesmo, nem me incomoda. Minha dúvida é se ao fazer a cirurgia ortognatica esse meu nervo já lesionado pode fazer com que eu perca a sensibilidade de vez, a ponto de ficar babando pra sempre ou perder o movimento labial. No meu caso, seria necessario o avanço da maxila e da mandibula (pouco avanço da mandibula, o avanço maior seria na maxila mesmo). Uma ultima duvida é: no pré-operatório, como se faz pra posicionar os dentes superiores da frente para traz dos dentes inferiores? Fiquei curiosa! Obrigada, Tamy.

    ResponderExcluir
  72. Dr. tenho mais uma dúvida.
    A mordida profunda ou mau posicionamento dos dentes de modo geral que precisam ser tratados com Cirurgia Ortognática pioram com o tempo ? Ou quais casos apresentam maior índice de agravamento da anomalia ?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  73. ola meu nome e rose tenho vinte sete anos presiso faser uma sirurgia ortognatica e correçao de mandibula gostaria de saber se posso parselar dar tres mil e parselar o resto presiso com urgencia pois meu dentista disse pra parar o aparelho e faser a sirugia.

    ResponderExcluir
  74. presiso faser essa sirurgia ortognatica e correçao de mandibula gostaria de saber se posso da uma entrada e parselar o resto ou sejauns quatro mil e parsela o resto e queria saber se vc nao se interreça em me atender meu nome e roseide mara moro em sc.

    ResponderExcluir
  75. Bom dia Nil,

    - Mesmo não estando diante dos seus exames eu não consigo imaginar que a questão das glândulas salivares possa ter alguma repercussão. Não existe relação entre as glândulas e a cirurgia que foi realizada. Nunca vi nenhuma interação a respeito. Acho que pode se despreocupar com isso;

    - A medicação que você fez uso como fitoterapia eu desconheço. Posso te garantir que elas não tem evidência científica que comprove sua eficácia. A vantagem é que estes fitoterápicos não tem contra-indicação. Eu particularmente acredito que se correu tudo bem até agora foi mérito dos seus cuidados e do cirurgião e sua equipe;

    - A dormência no lábio e queixo não tem uma data certa para voltar. O fato de já estar sentindo um pouco é bem positivo, sinal que em breve deve retomar toda sua função sensitiva. Já estas "repuxadas" que você citou são normais, fazem parte do processo de cicatrização, etapa de remodelação;

    - Com certeza a ajuda de uma fonoaudióloga vai acelerar o retorno das suas movimentações mandibulares. Peça para seu cirurgião indicar alguém.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  76. Bom dia Tamy,

    - Se a parte estética te incomoda eu acredito que você fez a escolhe certa;

    - Com relação a sensibilidade do lábio são duas coisas diferentes: a cirurgia da mandíbula (maxilar inferior) quando executada pela técnica "Osteotomia Sagital" apresenta o risco de alterar a sensibilidade do lábio e queixo, isto quer dizer que alguma região pode ficar anestesiada. A chance de isto ocorrer de maneira temporária é alta, ou seja, após algumas semanas ou meses tudo volta ao normal. A chance de isto ser definitiva é baixa, mas existe (você pode notar pelo número de pessoas que postam comentários a respeito disso);

    - Uma opção alternativa é executar a cirurgia pela técnica "Osteotomia Vertical" ou "Osteotomia Vértico-Sagital" que este risco é praticamente descartado;

    - Você citou o movimento do lábio. Quanto a isso não existe risco algum. A movimentação do lábio é responsabilidade de outro nervo que não é trabalhado nesta cirurgião. O risco que estamos falando é de ficar parcialmente anestesiado;

    - Com relação a movimentação dos dentes para trás, hoje em dia a Ortodontia está muito evoluída e é capaz de vários tipos de movimentações. Mas esta não é a minha especialidade. Então, para eu evitar de falar algo errado vou pedir que você tire esta dúvida com um Ortodontista. OK?

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  77. Bom dia Bruno,

    - Não existe uma estimativa de gravidade nem de tempo que pode acontecer esta piora na sua mordida profunda. O fato é que ela não vai melhorar se você não tratar, a tendência é piorar... mas eu não sei a quanto nem quando.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  78. Bom dia Roseide,

    - Infelizmente não tenho como tirar suas dúvidas a respeito do pagamento da cirurgia. Isto você tem que se informar diretamente com o cirurgião que irá fazer a sua operação. O primeiro passo é decidir quem vai fazê-la.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  79. Olá, tenho 29 anos e acho a minha maxila retraída e na região do queixo também. Quando sorrio na regiao do sulco nasogeniano, fica muito evidenciado e não aparece os dentes, dando um aspecto de desdentada. gostaria de saber se a cirurgia ortognática é indicada no meu caso.Fui a alguns ortodontistas e eles nao me disseram com certeza se o caso é indicado.

    ResponderExcluir
  80. Bom dia Cristiane,

    - A cirurgia ortognática foi idealizada inicialmente para corrigir problemas de mordida. Com o tempo foi-se percebendo que, além de corrigir a mordida, este procedimento também trazia benefícios estéticos. Hoje em dia, muitos dos pacientes que procuram o tratamento por razões estéticas.
    - O preenchimento da região nasogeniana, a projeção do queixo e a exposição dos dentes, além de outras áreas, são modificadas após a cirurgia a ortognática. Esta alteração será de acordo com a necessidade de cada caso e com a vontade do paciente;
    - O meu conselho é você procurar um Cirurgião, ou mais de um, procure sempre um membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  81. Em quanto tempo poderei voltar a praticar esportes...em especifico o futebol ?
    O procedimento que realizei foi de avanço mandibular. Obrigado

    ResponderExcluir
  82. Olá,

    Meu sobrinho tem 2 meses e sofre de apnéia obstrutiva. Os médicos avaliaram o caso dele e constataram que isso decorre de uma micrognatia. Para que isso seja corrigido ele deverá passar por uma cirurgia. O médico disse que o pós operatório tem pinos no rosto os quais devem ser regulados. Acontece que eu vi na internet procedimentos para colocar a mandíbula pra frente que utilizam implantes internos e não os pinos. Tem alguma explicação para que a cirurgia dele seja com pinos e não com implantes? Qual a diferença?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  83. Bom dia Rodrigo,

    - O processo de cicatrização do osso leva em torno de 2 meses para estar completo. Este é o tempo de reparo para uma fratura do osso que foi recolocado em sua posição original e fixado;

    - No caso da cirurgia ortognática o osso será fixado em uma nova posição (mais a frente no seu caso de avanço de mandíbula, por isso o processo é um pouco mais lento;

    - Eu aconselho que com um mês você já pode voltar a fazer atividades físicas como corridas, bike e etc. Esporte que tenham contato físico com a possibilidade de choque, como o futebol, eu digo que quatro meses seria o tempo ideal.

    - Existem outros fatores envolvidos como idade, quantidade de avanço realizado, técnica de fixação utilizada. Converse com o seu cirurgião a respeito.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  84. Bom dia Popinha,

    - O tratamento da micrognatia infantil é feito através de distração osteogênica. Uma cirurgia é realizada para instalação do aparelho distrator, que possui uma parte interna é fixada na mandíbula com parafusos. A parte externa apresenta uma haste que conforme vai sendo ativada (girando o parafuso) vai levando a mandíbula para frente. As ativações são realizadas todo dia até que se consiga o avanço necessário;

    - A maneira como o seu cirurgião explicou está correta. Acontece que na linguagem técnica, na linguagem popular e na internet acaba-se confundindo os termos "pinos" "parafusos" "implantes", apenas isto;

    Boa sorte para o seu sobrinho

    ResponderExcluir
  85. Como é o pós operatório dessa cirurgia? A criança perde as expressões enquanto está com os pinos? (sorrisos, choros, etc). É possível voltar a mamar no peito após a retirada dos pinos?
    Não existe a possibilidade de fazer com implantes internos?

    Muito obrigada pelos esclarecimentos, isso é muito importante pra minha família.

    ResponderExcluir
  86. Popinha,

    - Não existe a possibilidade de fazer com implantes internos;

    - Eu entendo sua preocupação com as expressões, amamentação e etc... mas a micrognatia e, em específico, a apnéia são as prioridades do momento. A criança precisa respirar antes de tudo;

    - O tempo de ativação do distrator não é um tempo longo e cada vez mais temos tecnologia e estudos para acelerar estes processos e a recuperação.

    - Eu aconselho você tirar o resto das suas dúvidas com o cirurgião responsável. Aqui neste blog, sobre cirurgia ortognática, estamos um pouco fora do foco. Mesmo assim eu desejo boa sorte, desculpe por não poder ajudar mais.

    ResponderExcluir
  87. Ola me chamo Mª cristina fiz uma ortognatica ha 1 ano pois meu queixo era bem, p/ frente, mas minha sensibilidade ainda não voltou, faço lazer td semana e tbm fiquei com desvio septo sera que é devido a minha idade fiz com 46 anos . Fiz pelo sus no hospital regional de sorocaba os cirurgiões são otimos . é normal demorar volta a sensibilidade ou não . Obrigada Itapetininga 18 de janeiro de 2011

    ResponderExcluir
  88. Bom dia Maria Cristina;

    - Com um ano de eu acredito que sua sensibilidade não voltará mais do que está. O que pode acontecer, daqui em diante, é você ir se acostumando com isso de maneira que esqueça um pouco. Mas voltar a sensibilidade, eu particularmente não acredito, é uma questão de opinião;

    - O desvio de septo não é algo esperado de acontecer após a cirurgia ortognática. Já o problema da sensibilidade é algo que sabe-se que pode acontecer, felizmente na minoria dos casos;

    - A idade tem influência no retorno da sensibilidade. Quando as células nervosas sofrem algum tipo de dano, é muito difícil de reparar, pois é uma célula que tem baixo potencial de multiplicação. Esta capacidade de multiplicação (renovação) celular cai com a idade;

    - Pergunte ao seu cirurgião a opinião dele a respeito.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  89. oi, sou a Paula R., tenho o queixo pra frente,os dentes de cima estão fechando o céu da boca e se abro muito a boca ela trava e não fecha, fora os estralos que dá quando vou bocejar, dói muito. Esse caso é de cirurgia ou apenas devo usar aparelho??

    ResponderExcluir
  90. Bom dia Paula,

    - Pelos detalhes que você descreveu posso te dizer que você precisa de tratamento. Se será necessário cirurgia ou não é necessário um exame físico além de exames. Vai depender muito de quanto os seus dentes estão para frente, de quais são as suas expectativas com o tratamento etc;

    - O ideal é que você procure um especialista em Ortodontia, ele vai pedir uma documentação e então pode responder a sua pergunta.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  91. Bom dia, minha filha tem 10 anos e teve fratura bilateral de mandíbula, o buco maxilo solicitou a placa absorvível para a cirurgia, mas o plano de sáúde está mais para acatar a placa de titanio. Até que ponto estas duas placas sao diferentes durante o crescimento de minha filha? a placa de titanio poderá deixá-la com alguma deformidade?

    OBRIGADA.

    ResponderExcluir
  92. Boa tarde Catarina,

    - A sua filha com 10 anos ainda está em fase de crescimento. Se forem colocadas placas de titânio, a região que receber as placas vai ter parte do seu crescimento alterado, já que haverão placas rígidas neste local;

    - As placas absorvíveis também são rígidas, mas após 6 meses a 2 anos (dependendo do material) elas são reabsorvidas pelo organismo e não apresentam mais esta limitação ao crescimento;

    - Apesar deste fato, eu não posso (não há evidência científica para isso) dizer que vai comprometer de maneira significativa, pois isto também depende de outros fatores. Há alguns anos atrás não tínhamos o material absorvível a disposição e posso te dizer que na maioria dos casos hoje não encontramos sequelas por causa disto;

    - Uma outra alternativa, longe de ser ideal, é fazer a cirurgia com o material de titânio e daqui seis meses faz-se uma cirurgia para remover o material;

    - O ideal é que a família pressione o plano paa autorizar o material absorvível. Geralmente é necessário que o Cirurgião faça um laudo justificando esta necessidade.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  93. Olá DR. 'Cirurgião'.

    Fui hoje em um consultória para iniciar o procedimento de se ter um aparelho dentário, só que o médico me disse que era preciso após o aparelho eu fazer a cirurgia de Ortognática.

    não foi bem assim que ele falou : ele disse que para ele pôr o aparelho eu precisaria obrigatoriamente após o termino do período do aparelho fazer a cirurgia, e ele me aconselhou eu confirmar com um médico amigo dele em uma outra clinica afiliada para ver se eu ia ou não fazer a cirurgia caso eu não quisesse ele não poderia fazer se não, o resultado do aparelho não seria dos melhores... só que eu estou tomando medicamento para fazer uma cirurgia de Desvio de Septo e adenoide. ele então falou que talvez a cirurgia de desvio de septo corrija o problema do Maxilar (Classe 3). como proceder ?

    ResponderExcluir
  94. Boa tarde Diego Souza,

    - O que acontece nestes casos é que o tratamento ortodôntico preparatório para a cirurgia ortognática é completamente diferente do tratamento convencional, em alguns aspectos chegam a ser contrários um ao outro;

    - Imagine a situação de o seu Ortodontista indicar a cirurgia, fazer o tratamento prévio e depois você vai procurar um Cirurgião e resolve desistir da cirurgia ortognática. Se isto acontecer, grande parte do trabalho do ortodontista foi em vão e ainda tornou o caso pior. Por isso, ele tem toda a razão em, ao indicar a cirurgia, antes de tudo te encaminhar para um cirurgião para que você já defina que vai fazer e com quem irá fazer. Este é o melhor caminho. Assim, o Cirurgião e o Ortodontista irão discutir o plano de tratamento para resolver o seu caso da melhor maneira;

    - Com relação ao desvio de septo não existe como a cirurgia do desvio corrigir o seu problema de classe III, não tem relação alguma;

    - Mas, eu te aconselho a não operar o desvio de septo antes da cirurgia ortognática. Caso a sua cirurgia ortognática envolva uma cirurgia de maxila (parte superior) será trabalhado na região do septo durante a cirurgia e na grande maioria dos casos o problema de septo é resolvido;

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  95. Boa tarde,
    Meu nome é Marília, sou de São Paulo. Fiz minha cirurgia com o Dr. Roberto Macoto em Bauru. No meu caso não tinha nenhuma deformidade, muitas pessoas sequer viam que eu tinha algum problema. A deformidade estava no meu sorriso: ele era inclinado (não acompanhava a reta definida pela linha dos olhos) e também minha linha média era desviada. Em cima e em baixo meu rosto foi trazido para frente também, mas milímetros. Também fizeram meus cornetos. Bom, operei há 9 dias e desde muito cedo ( 2 ou 3 dias de operada) eu já comecei a sentir várias partes do meu rosto de novo! Minha bochecha do lado direito está com a sensibilidade total reestabelecida. Meu lábio de cima e bigode também. O lado esquerdo do meu nariz também. A bochecha do lado esquerdo eu sinto quase por completa, há apenas a área abaixo dos olhos e ao lado do nariz ( junto com o lado direito do nariz)que está faltando uma refinada na sensibilidade, mas já sinto várias coisas que se passa ali. O lado esquerdo do lábio inferior está com boa parte da sensibilidade também, já o lado direito não sinto nada. O queixo sente uma cócega estranha quando se passam alguns materiais, outros nem se sente.
    Como já tenho uma recuperação de sensibilidade avançada em relação a outras pessoas que se submeteram a cirurgia, gostaria de saber se isso significa que voltarei a sentir tudo mais rápido, principalmente o lábio inferior.
    Grata,
    Marília.

    ResponderExcluir
  96. Bom dia Marília,

    - Que bom que sua recuperação está sendo favorável.

    - A recuperação da sensibilidade após a cirurgia ortognática não é algo previsível que eu possa te dizer. Existem casos que o nervo é rompido acidentalmente durante a cirurgia e mesmo assim a sensibilidade acaba voltando. Assim como existem casos que o nervo nem é manipulado durante a cirurgia e o paciente acaba desenvolvendo a parestesia;

    - Estes sinais (cócegas, formigamento, fisgadas) são sinais positivos de que a sensibilidade está voltando, ou seja, é um sinal que seu caso tem a tendência de voltar 100% e logo. Mas como te disse é apenas uma tendência. Infelizmente não temos o domínio completo do conhecimento de como funciona exatamente as causas e a recuperação dos danos nervosos;

    - Fisioterapia, massagens, acupuntura, laser e pensamento positivo! Isto pode ajudar;

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  97. ola, vou tentar resumir a minha experiencia, em 2004 procurei uma ortodontista, minha intenção era apenas colocar aparelho, pois eu tinha uma mandibula meio quadrada,gostava do formato da mandibula, mas o meu queixo não acompanhava, era pequeno, de perfil ficava meio estranho,nem sabia o que era cirurgia buco maxilo até ela me dizer que o meu caso era cirurgico, pois com 20 anos somente o aparelho não resolveria.
    então resolvi procurar um cirurgião buco maxilo, conversamos e combinamos de que a cirurgia seria de avanço de mandibula e mento,ele deixou claro que o avanço de mandibula não iria prejudicar o formato quadrado que ela tinha, ele chegou a me oferecer tambem uma protese de queixo pro resultado ficar ainda melhor, mas eu achei melhor tentar fazer o que desse apenas com meu osso mesmo, foram quase 5 anos de tratamento ortodontico,o aparelho tinha deixado meu rosto ate melhor, a mandibula se desenvolveu um pouco mais,ficando ainda mais quadrada, o queixo não estava tão retraido.
    Na vespera da cirurgia a doutora me disse que se eu não colocasse a protese de queixo o resultado não ficaria bom, então acabei aceitando,deixando claro que a mandibula não teria protese nem alteraria o formato original dela, no final de 2008 eu operei,me recuperei bem, só que quando o processo de inchasso passou, notei que meu rosto estava muito fino, a mandibula quadrada desapareceu, fiquei com um queixo largo, porem sem mandibula, questionei o doutor, ele desconversou, disse que meu rosto era assim mesmo, achei estranho, pedi pra ver as fotos pre cirurgicas que tirei com ele , mas ele disse que so traballhava com raio x, só que antes da cirurgia ele mesmo me mandou em um lugar onde tirei fotos de frente, perfil e sorrindo, em fim, fasem 2 anos que to tentando ver essas fotos, mas ele não me entrega, a minha intenção nem é processa-lo, so quero as fotos pra ver se consigo recuperar minha mandibula com um outro cirurgião, a esposa desse doutor foi quem fez o tratamento ortodontico, ela me pareceu não ter concordado com a atitude dele, mas por ser esposa ela ficou meio que sem se pronunciar, apenas me deu a indireta de que em cada lado da minha mandibula foram colocadas duas placas que seguram ela na nova posição, e que segundo ela, tirando essas placas a mandibula volta ao normal, sera que isso é possivel mesmo apos 2 anos de cirurgia??
    quando vejo as fotos que eu tenho em casa antes da cirurgia me arrependo, vejo que nem meu queixo era tão pequeno assim.
    aguardo alguma orientação, valew

    ResponderExcluir
  98. Boa tarde Shogun,

    - Com relação as suas fotos e radiografias é melhor você conversar com o cirurgião, não vejo problemas em você tê-las de volta. Afinal de contas o exame pertence ao paciente;

    - Além de extenso planejamento é necessário conversar muito com o paciente antes da cirurgia para entender quais são as queixas e expectativas que ele possui e o que será realmente alcançado com a cirurgia;

    - Após dois anos a mandíbula já está consolidada na posição e as placas não exercem mais a função de manter a fixação óssea. De qualquer forma, eu não vejo porque você iria remover as placas;

    - Eu te aconselho voltar ao seu cirurgião e conversar com ele, esta é a primeira opção. Uma segunda alternativa é você procurar uma segunda opinião com outro profissional.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  99. então doutor, eu pensei em remover as placas na tentativa de recuperar a minha mandibula, ja tentei conversar com o cirurgião, mas agora ele não deixa nem subir pra falar com ele,ele não quer me entregar os exames e fotos pre operatorias de jeito nenhum,agindo assim parece ate que ele agiu de ma fé,pois eu ja tinha a mandibula bem feita, ele tirou a mandibula e deixou de um jeito que desse pra encaixar as proteses laterais na mandibula,sem me avisar nem nada, cada protese custa quase 4 mil reais, fez de caso pensado, o advogado tentou falar com ele, entrar num acordo pra ele me dar as fotos, mas ele nem deixou o advogado subir da portaria.
    queria saber a sua opinião, sei que e dificil opinar sem avaliar meu rosto, mas uma nova cirurgia conseguiria transformar uma mandibula fina e deixa-la com um aspecto mais quadrado, largo, sem fazer uso de proteses??um cirurgião seria capaz de fazer isso?
    vou procurar a opinião de outros cirurgiões, mas conto com a sua tbm, abraço!

    ResponderExcluir
  100. Bom dia Shogun,

    - É difícil opinar aqui sobre a relação entre você e seu cirurgião (não é objetivo deste blog). Eu sinceramente apenas acho que a questão de envolver advogado e processo seja desnecessária, pois dificilmente será comprovado algum dolo. Isto vai acabar te desgastando mais e não vai resolver o seu problema;

    - Com certeza existe uma solução para o seu caso. Existirão limitações, como todos os casos tem, ainda mais pelo fato de ser uma reoperação. De qualquer forma, um cirurgião poderá te explicar isto após ele te ver e solicitar alguns exames;

    - Procure um Cirurgião que seja membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial, se necessário procure mais de um.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  101. Olá, o meu nome é Marco, sou de Portugal e meti aparelho ortodôntico á 3 dias, tenho prognatismo mandibular, o maxilar superior estreito e recuado e vou realizar uma cirurgia ortognatica em cerca de 7 meses para avançar e expandir a maxila, e recuar tambem a mandibula.
    Contudo estou com umas duvidas que me deixam nervoso, passo a expô-las:
    -Quando abro a boca oiço um crepitar junto aos ouvidos(principalmente junto ao ouvido esquerdo), e quando a abro demasiado e depois a fecho a mandíbula faz um movimento para o lado (creio que se chama disfunção da ATM), a cirurgia ortognática também irá resolver esse problema? O cirurgião com quem falei diz que sim, mas ja li várias vezes na internet que a cirurgia ortognática não resolve as disfunções de ATM, e que podem haver grandes recidivas após a cirurgia, afinal a cirurgia resolve ou não resolve o problema?
    -A segunda dúvida é se, após a cirurgia e a remoção dos aparelhos e após usar o aparelho de retenção existem grandes chances de os dentes voltarem a ficar tortos
    -Quando tenho a boca em "repouso" em vez de os dentes ficarem selados fico com a boca um pouco aberta, a cirurgia também irá resolver esse problema?
    Agradeço a atenção, cumprimentos.

    ResponderExcluir
  102. Boa tarde Marko,

    - Uma das causas da disfunção temporo-mandibular (DTM) é a mordida errada. O objetivo principal da cirurgia ortognática é corrigir a mordida. Com isso, sempre ocorre uma melhora nos sinais e sintomas da DTM, pelo simples fato de corrigir a oclusão. Mas não se sabe ao certo o quanto isto vai melhorar, nem por quanto tempo, principalmente porque existem outros fatores causadores da DTM;

    - Dentre as técnicas de cirurgia na mandíbula, as técnicas vertical e vértico-sagital (boca amarrada) comprovadamente trazem mais benefícios para a articulação do que a técnica sagital (boca aberta);

    - Após a remoção dos aparelhos e colocação das contenções é muito difícil de os seus dentes ficarem tortos novamente, exatamente por isso que existe estas conteções;

    - A questão do selamento labial durante o repouso com certeza é corrigida após a correção da sua mordida, e isto é um benefício que os pacientes gostam muito.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  103. boa tarde cirurgião.
    Fiz o uso da ortodontia desde os meus 14 anos porque eu tinha uma grande chance de possuir um agravamento do crescimento da minha mandíbula.Usei meu aparelho fixo junto com a mentoneira até meus 18 anos.Fiz o uso do procedimento da mentoplastia para harmonizar a minha face após o fim do tratamento.Ate esse certo momento meu tratamento deu certo.Mas agora com 18,5 houve uma volta do meu crescimento mandibular.
    Após ter percebido a alteração da minha mordida,resolvi voltar ao meu ortodontista para ele avaliar.Ele também percebeu a alteração e mandou eu voltar a usar a mentoneira.
    Será que não existe nenhuma contra indicação do uso da mentoneira após ter feito uma mentoplastia com o uso de prótese de porex?

    E não tem uma possibilidade dessa mentoneira
    fazer com que haja uma retração brusca do meu queixo, fazendo com haja uma desarmonia em relação ao resto do meu rosto??

    ResponderExcluir
  104. Boa tarde Leo,

    - O uso da mentoneira para o controle do crescimento mandibular está indicado em pacientes em fase de crescimento (até 15-16 anos). Mesmo assim muitas pessoas questionam a real eficácia;

    - Em pacientes adultos não existe como ela ter efeito, em minha opinião está contra-indicado o uso pelo fato que não tem ação;

    - Associando o fato de ter uma cirurgia prévia no mento não teria problemas, mas sendo uma prótese Medpor Porex com certeza existe risco de deslocamento da prótese se for aplicada muita força na mentoneira;

    - O ideal é você perguntar ao seu cirurgião que colocou a prótese no mento, mas na minha opinião não deves usar a mentoneira.

    Boa Sorte

    ResponderExcluir
  105. Olá, Dr.,
    Parabéns pelo blog. Gostei muito dessa oportunidade e da forma direta, clara e franca com que o senhor nos responde.
    Fiz a cirurgia há 40 dias. Meu caso era micrognatismo e sorriso gengival. Já desinchei muito, mas percebo que fiquei com uma elevação não exatamente nas bochechas, e sim no espaço ente cada narina e canto da boca, como se eu estivesse com um chumaço de algodão. Além disso o meu nariz ficou mais largo, torto e com uma narina maior que a outra. Gostaria de saber: por que isso acontece?
    e se vai voltar ao normal?
    Desde já, agradeço a atenção!

    ResponderExcluir
  106. Bom dia Maria,

    - Esta elavação que você cita entre o canto da noca e narina eu acreidto que ainda seja inchaço. Para to edema desfazer leva em torno de 4-6 meses;

    - Toda cirurgia de maxila (maxilar superior) tem uma tendência de alargar a base do nariz. Na maioria do formato dos rostos dos pacientes esta tendência é esteticamente ruim. Por isso durante a cirurgia uma sutura interna é realizada para conter esta tendência e am alguns casos associamos sutura externa até para diminuir a largura e ambas acabam resolvendo este problema;

    - Mesmo assim, eu aviso todos os pacientes sobre esta tendência. Sobre o seu caso, é difícil opinar sem estar vendo, mas o inchaço também pode estar influenciando nisso;

    - Sobre uma narina estar maior que a outra, da mesma maneira isto pode ser devido ao inchaço que de um lado está maior do que de outro. Se não for o inchaço, pode ter sido porque uma destas suturas pegou mais um lado do que outro;

    - Eu sinceramente acho melhor você tirar estas dúvidas com o seu cirurgião.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  107. Cirurgião,
    A minha face está completamente normal, a minha mordida também, já estou com 18,5 anos e usei o aparelho desde os 14.No dia em que eu tirei meu aparelho o meu dentista disse que era descartado a possibilidade de eu fazer a cirurgia.Agora, 6 meses depois de eu tirar o aparelho meu dente abriu um pouco a arcada, mas o meu queixo não aparenta ter ido para frente. Tive até que fazer uma mentoplastia para meu rosto entrar em harmonia.
    Será que é possivel que dos 18,5 até os 21 anos minha arcada vai crescer ao ponto de eu precisar fazer uma cirurgia ortognática???

    ResponderExcluir
  108. Boa tarde Leo,

    - Se apenas em seis meses os seus dentes já começaram a abrir isto não quer dizer que você precisará de uma cirurgia; Se você está contente com a sua estética facial, não existe razão para fazer uma cirurgia porque simplesmente os seus dentes abriram um pouco;

    - É bem provável que isto será tratado apenas com ortodontia, mas seu ortodontista com certeza desta vez vai tomar os cuidados para que esta recidiva ortodôntica não ocorra novamente;

    - É difícil opinar neste seu caso sem estar vendo. Procure saber qual a opinião do seu ortodontista, o que ele está dizendo, pois afinal é ele que irá resolver. De qualquer forma estamos a disposição.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  109. Caro Cirurgião, boa noite.
    Me chamo Kleber e me submeti a cirurgia ortognatica a exatamente 7 dias ( Avanço da Maxila, Retração da Manbíbula, Pqno avanço no Mento e Segmentação do Palato)
    O que mais tem me incomodado é ficar babando constantemente, e ainda sentir uma espécie de secreção(parece catarro com um pouco de sangue) que fica descendo na garganta quando deito)isto tem me causado nauseas.
    Sabe informar como posso proceder para diminuir a baba ?
    Outro ponto de dúvida é que minha lingua ficou com uma camada esbranquiçada e com gosto horrivel, meu médico disse que isto as vezes acontecere e que se elimina com higienização.
    Há algum produto que possa usar para eliminar esta saburra?
    O uso de arnica em Glóbulos ajuda a diminuir o inchaço.

    Muito obrigado

    ResponderExcluir
  110. Bom dia Kleber,

    - A arnica não apresenta evidência científica de sua eficácia. Eu tenho vários pacientes que acreditam. Como não tem contra-indicação eu não proíbo eles de usarem, mas o fato é que não tem evidência comprovada, portanto eu não acredito;

    - Com relação à placa branca na língua acho que a melhor maneira mesmo seja a remoção mecânica com aqueles raspadores de língua para higiene;

    - Com relação a babar o problema está na sensibilidade de seu lábio que deve ter sido afetada. Espero que isto seja temporário e conforme for voltando a sensibilidade você irá melhorar o selamento labial e impedir que babe. por enquanto aposte em exercícios e fisioterapia para o lábio. Peça para o seu cirurgião recomendar algum fonoaudiológo, isto deve ajudar também.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  111. Caro Cirurgião, boa tarde.
    Obrigado por exclarecer as dúvidas anteriores.
    ME chamo Kleber e me submeti a cirurgia ortognática a 9 dias.

    Hoje retornei ao meu cirurgião buco maxilo, e ele me informou que houve quebra de 2 serrinhas durante o corte da Mandibula, e que não foi possivel no momento da cirurgia removê-las, ou seja, estou com uma serrinha de cada lado da manbibúla.
    ELe me disse que pode ocorrer este tipo de problema e geralmente quando há dificuldade de remoção é melhor não mexer e acompanhar.
    Me disse também que o que provavelmente acontecerá é eu ficar pelo resto da minha vida com estes materiais em minha face sem ter prejuizo, mas que se necessário pode ser removido através de cirurgia simples.
    Disse para eu ficar despreocupado
    Gostaria de saber o quanto devo me preocupar com isto, meu Médico é bem conhecido e sinto muito competência em seu trabalho, mas com saúde não se brinca

    ResponderExcluir
  112. Boa tarde Kleber,

    - A quebra da serra ou de uma broca é uma coisa que realmente pode acontecer. Quando isso acontece e conseguimos retirar durante a cirurgia o problema é esquecido;

    - As vezes a ponta quebrada some e, após inspecionar, e não localizar, o cirurgião prefere deixar pois sabe que isto não trará problemas. Por outro lado, tentar ficar lozalizando pode extender a cirurgia, sem benefícios maiores;

    - É claro que é extremamente chato contar isto ao paciente no pós-operatório, afinal de contas ninguém gostaria que acontecesse com a pessoa. Felizmente não lembro a última vez que isso aconteceu comigo, mas sei que pode acontecer;

    - Em princípio eu não vejo nenhuma possibilidade de isto te trazer algum problema. É difícil eu te garantir que não terá problemas já que não estou vendo o tamanho, formato e localização dos fragmentos que ficaram;

    - Então pode ficar tranquilo. Ainda mais porque você confia no seu cirurgião. Se ele achar que isto poderia te trazer algum risco, pode ter certeza que ele iria propor a remoção.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  113. Boa tarde Cirurgiao, me chamo Caio
    fiz a operacao ortognatica o avanco da mandibula
    o inchaco diminuiu bastante mas infelizmente minha fala continua estranha porque meus labios ainda estao inchados o labio inferior 'e o mais inchado, faz 3 semanas que operei. Quanto tempo vai durar para a minha boca voltar ao normal , meus labios ficarem normais ? :/ tenho 18 e nao aguento mais ficar em casa , ainda nao sei se gostei realmente do que eu fiz me sinto triste por ter feito a cirurgia , esperava mais do meu rosto :/

    ResponderExcluir
  114. Boa tarde Caio

    - O inchaço dos lábios costuma desaparecer em 2 semanas. Se você acha que ainda está inchado seria bom algum auxílio do tipo drenagem linfática, exercícios de fisioterapia e/ou fonoaudiologia;

    - O que acontece é que nos pacientes com deficiência de mandíbula os lábios são evertidos (dobrados) pra frente. Esta é uma tendência do organismo para conseguir selar os lábios superior e inferior;

    - Depois que é feito o avanço da mandíbula isto fica mais aparente, pois o lábio inferior foi para frente, ficando mais a vista. Eu acredito que seja isto que esteja acontecendo contigo;

    - Neste caso, com o passar do tempo, você vai começar a corrigir a posição e postura do lábio inferior nesta nova posição. Este lábio que era evertido (parecendo inchado) vai se conformando na nova maneira de selar os lábios;

    - Isto pode levar ainda alguns meses. Fonoaudiologia e exercícios de reforço da postura e tonicidade labial ajudam muito. Com certeza isto vai fazer com que a cada semana você goste mais do resultado. Três semanas ainda é muito cedo;

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  115. 'Boa noite .!
    - com quantos dias vou voltar a comer sem ser liquido? por que ta sendo muito chato , tô com 18 dias de operadada e essa sensação é muito ruim .Responda-me e ficarei grata .OBRIGADA>

    ResponderExcluir
  116. Bom dia Marlene,

    - Os meus pacientes costumo liberar a dieta pastosa (arroz, feijão, massas, peixe, carne moida, frango desfiado etc) logo após a alta hospitalar;

    - A alimentação depende muito do tipo de cirurgia que foi realizada. Tem pacientes que ficam com a boca amarrada, nestes casos exige 3 semanas de dieta líquida, mas este não parece ser o seu caso;

    - Este tipo de informação é melhor você colher com o seu cirurgião. Ele sabe a cirurgia que foi feita, conhece as limitações de seu caso...

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  117. Eu tenho a mordida pra frente e estou usando aparelho pra corrigir.. e pra o dentista que esta arrumando ele disse que e normal mas ainda e pra frente no primeiros meses..ele esta querendo retirar 2 dentes da parte inferior no caso nao sei qual sao, pra vc qual sao os corretos pra retirar quando tem a mordida inferior pra frente? Eu estou usando o fio 18 e diz ele pra retirar tem que estar no fio 25? no caso daqui 3 meses, vc me aconselha a extrair o fazer a cirurgia meus dentes sao todos corretinhos so a mordida que vai pra frente por causa do osso do meio queixo? sera que a extraçao nao pode me prejudicar no futuro,o que vc me aconselha?
    PAulo

    ResponderExcluir
  118. Bom dia Paulo Henrique,

    - A decisão se extrai 2 pré-molares pra fechar a mordida ou se mantém e prepara os dentes para a cirurgia é difícil eu te passar sem conhecer o caso e você;

    - Esta decisão depende muito da vontade do paciente. Se a intenção é apenas corrigir a mordida, faz as extrações. A vantagem é que vai estar evitando uma cirurgia. A desvantagem é que o osso do seu queixo vai continuar pra frente, só os dentes vão para trás, que acaba dando um aspecto envelhecido da face. Além disso torna o tratamento mais instável já que terá que ser feita muita movimentação e inclinação de dentes;

    - Se o paciente não gosta do formato do rosto, tem preocupação com a estética, o melhor é fazer a cirurgia;

    - Você pode pegar a opinião do seu ortodontista, também pode procurar a opinião de um cirurgião e outras segundas opiniões, isto é bem útil.... mas o mais importante é saber qual a sua vontade.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  119. Caro Cirurgião boa tarde,
    Me chamo Kleber, fiz ortognatica dia 23/02 ( mandibula, maxila, mento, segmentação de palato)
    Tive um problema no pós operatório e estou tratando com meu buco maxilo ( um pequeno buraco no palato causando comunicação buco sinusal)
    Minhas duvida são: Posso ter problema de infecção caso liquido ou comida entre no seio maxilar ?
    Geralmente quanto tempo leva para a parestesia do lábio inferior passar, há algum tipo de exercicio que eu possa fazer para estimular o retorno da sensibilidade ?

    Muito obrigado

    ResponderExcluir
  120. Bom dia Kleber,

    - É pouco provável que você tenha alguma infecção por causa da comunicação buco-sinusal, talvez aconteça apenas alguma inflamação leve no local;

    - A maioria das comunicações menores do que 2mm tendem a fechar espontaneamente. Já nas comunicações maiores costuma ser necessário uma pequena cirurgia (sob anestesia local) para realizar o fechamento. Este é um risco que faz parte das desvantagens da segmentação do palato;

    - Nos pacientes submetidos a técnica da osteotomia sagital na mandíbula (boca aberta) existe a possibilidade de dormência do lábio. É esperado que a função nervosa retorne entre 2-4 semanas. Entretanto, alguns casos levam até seis meses. Em outros casos fica alguma sequela de maneira definitiva (as pesquisas estimam entre 3-5% dos casos). Este é um risco que faz parte das desvantagens da osteotomia sagital;

    - Qualquer tipo de estimulação é bem vinda para ajudar na recuperação nervosa: exercícios, massagem, laser, acupuntura... isto tudo pode ajudar. O ideal é conversar com o seu cirurgião, quem sabe ele pode te indicar algum profissional (fonoaudiologia ou fisioterapia);

    - É sempre importante conversar com o cirurgião antes da cirurgia para saber quais os riscos, vantagens e desvantagens de cada técnica.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  121. Prezado Dr. Boa noite!

    Fiz a cirurgia ortognática a 25 dias para correção do sorriso gengival e ainda encontra-se muito inchado a região do nariz e lábio superior, incomodando as vezes os olhos, não consigo ficar muito tempo no computador e nem estudar direito, para melhorar terei que voltar a trabalhar no dia 30.03 e até lá será que os inchaços diminuiram? tem algo que diminua esse incômodo? Meu cirurgião disse que semana que vem vai passar fisioterapia, isso vai ajudar? Não consigo dormir com a cabeça muito elevada e as vezes acordo dormindo de lado, isso está dificultando a recuperação?

    Aguardo ansiosa as respostas.

    Obrigada - Ioneide.

    ResponderExcluir
  122. Olá, meu nome é Tamiris,tenho 20 anos, usei aparelho de dente durante 6 anos, dos meus 11 aos 17 anos. Em 2010 eu começei o tratamento com a fonoaudiologa, e esse ano eu mudei de fonoaudiologa ela percebeu que minha mandibula é para tras, agora em março ela falou que já evolui tudo que tinha para evoluir na fala que recomenda a cirurgia ortognática, fui num dentista ele falou que meus dentes são perfeitos mais que recomenda a cirurgia para melhorar a fala, auto estima. A minha dúvida é o seguinte: Como é a recuperação, o tempo e o procedimento da recuperação?
    aguardo resposta.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  123. boa noite, meu nome é maria eduarda e vou começar um tratamento para a cirurgia ortognática classe II, queria saber a média do tratamento pré cirurgico. Existem aparelhos novos agora, os auto-ligantes que tem uma eficiência maior, quanto tempo duraria com um desses ? o tratamento total é uma média de quanto tempo?
    obrigada.

    ResponderExcluir
  124. Bom dia Loneide,

    - Os exercícios de fisioterapia e sessões de drenagem linfática aceleram a recuperação e ajudam na diminuição do inchaço. Eu costumo liberar os meus pacientes para isso logo após a primeira semana;

    - Dormir de lado é inevitável, ninguém tem domínio sobre o corpo enquanto está dormindo. Além disso, isto não prejudica a recuperação, ainda mais após 25 dias, como é o seu caso;

    - Converse mesmo com o seu cirurgião, faça a fisioterapia e tenha um pouco de paciência que logo logo o inchaço desaparece.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  125. Bom dia Tamiris,

    - A indicação de fazer a cirurgia depende da posição dos seus dentes e tamanho dos seus maxilares. Isto irá melhorar a sua mordida, a fala, toda a parte funcional. Sobre indicar a cirurgia para melhorar a sua auto-estima é mais delicado, pois isto tem que partir de ti. Tem que ser uma necessidade, no caso estética, que você realmente deseje;

    - Caso esteja bem indicado e você realmente deseja as mudanças você nem vai dar atenção para o processo de recuperação;

    - Mas falando sobre a recuperação, depende muito de cada cirurgião e do tipo de cirurgia que será indicada para o seu caso;

    - Em geral você vai precisar de uma semana de afastamento para sua recuperação física. Na segunda semana, na teoria, você já poderia retomar as suas atividades de trabalho e estudo, mas por uma questão social (devido ao inchaço) talvez você continue afastada. Ou seja, fisicamente nada te impediria de voltar já na segunda semana. Esta é uma cirurgia que raramente o paciente se queixa de dor, pelo contrário alguns se queixam da falta de sensibilidade (leia alguns dos comentários acima).

    - Peça para seu ortodontista indicar um cirurgião e esclareça as dúvidas mais diretamente com quem irá fazer. Certifique-se que ele seja um membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  126. Bom dia Maria Eduarda,

    - As perguntas sobre o tipo e tempo de aparelho seria mais conveniente um ortodontista te responder. Como cirurgião eu posso apenas te dizer que é uma média de 6-8 meses de aparelho no pré-operatório e de 3-4 meses no pós-operatório;

    - Com relação ao tipo de aparelho, até onde eu sei, não existe uma evidência científica de que os aparelhos auto-ligáveis sejam mais rápidos do que os convencionais. Mas quem sabe o seu ortodontista prefira trabalhar com eles e, com isso, torne o seu tratamento mais rápido. Neste caso eu acho que você deve fazer a escolha baseado a preferência do seu ortodontista.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  127. Dr Cirurgião, boa tarde.
    Gostaria de saber em média quanto tempo leva para os ossos da maxila e mandibula cicatrizarem e calcificarem em sua estrutura natural, ou seja sem ser mais necessário o auxílio das placas de titanio usada no procedimento.
    E gostaria de saber quando tempo geralmente leva para os pacientes ter liberação total para comer todo tipo de alimento

    ResponderExcluir
  128. Boa noite Kleber,

    - Uma fratura óssea normalmente tem sua cicatrização completada em até 2 meses em pacientes adultos saudáveis. Entretanto, isto ocorre em uma fratura onde o osso é reaproximado e fixado na posição correta;

    - Na cirurgia ortognática o osso é movimentado, então a cicatrização leva mais tempo para ocorrer. Isto vai depender da movimentação realizada e do tipo de fixação. Em geral, após 4 meses você pode retomar todas as suas atividades considerando que o osso já cicatrizou;

    - Com relação a alimentação, também dependerá da cirurgia que foi realizada. O ideal é pedir para o seu cirurgião. Em geral, meus pacientes retornam 100% a alimentação em torno de 1 mês.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  129. Ola tenho prognatismo classe III e iniciei meu tratamento em sentembro de 2010,mais tenho muitas duvidas
    Como na epoca sabia pouco sobre assunto decidi iniciar o tratamento com o ortodontista porem expliquei a situação para ele e me disse que demoraria cerca de 1 ano pra poder operar nesse periodo os dentes de baixo sao ainda mais avantajados,porem recentemente pesquisando vi que as pessoas comentam em preços absurdos que pagaram pra operar,preços fora da minha realidade,mais meu ortodontista disse que o SUS cobria,outro problema e que deixei tudo nas maos do ortodontista e jah ten quase 7 meses e ainda desconheço meu cirurgião.
    Minhas perguntas sao:
    O Pre o operario demora realmente apenas 1 ano ou demora mais?
    Vou ter que pagar pela cirurgia ou posso fazer pelo sus?é confiavel?(Detalhe:sinto falta de ar as noites e muitas das vezes me atrapalha a dormir)

    ResponderExcluir
  130. Oi doutor, eu entendo e confio no meu cirurgião, agora que ouvi a opinião de um outro profissional me sinto mais segura. Eu quero saber tb sobre os pontos que é dado na boca e sobre fazer ou não a cirurgia boca fechada visto que meu medico me disse que vai fazer boca aberta no meu; no meu caso que tenho problema na ATM como e será feito avanço de mandibula o que o senhor achar melhor? outra coisa, sempre que precisa avançar a mandibula precisa também mexer na maxila e mento? desculpa essa bombardeio de perguntas. muito obrigada.

    ResponderExcluir
  131. Bom dia Luan,

    - O tempo de preparo ortodôntico costuma levar de 6-12 meses. Isto depende de cada caso e da estratégia que o ortodontista e o cirurgião irão adotar;

    - Seria importante você já conhecer o seu cirurgião. Independente se a sua cirurgia será realizada pelo SUS ou particular. Quem irá realizar a sua cirurgia já deveria estar participando do planejamento para que a ortodontia pré-operatória seja realizada de maneira a otimizar o resultado da cirurgia;

    - Converse melhor com o seu ortodontista sobre estes assuntos. Peça pra ele te indicar o cirurgião e visite-o para tirar o restante de suas dúvidas.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  132. Bom dia Rosiclea,

    - Os acessos são todos realizados por dentro da boca, assim não deixa nenhuma cicatriz visível. Os pontos geralmente são com fios reabsorvíveis, não precisa tirar, caem sozinhos após 10-15 dias;

    - Nas cirurgias de mandíbula existem duas técnicas. Uma que permite qualquer tipo de movimentação e o paciente sai com a boca aberta (osteotomia sagital), mas que tem a desvantagem de arriscar a sensibilidade do lábio. A outra permite recuos e pequenos avanços - até 5mm na minha opinião (osteotomia vértico-sagital), que tem a vantagem de não arriscar a sensibilidade do lábio e trazer melhores resultados para a ATM, mas que tem a desvantagem de ficar com a boca amarrada por 2-3 semanas;

    - Quando o caso permite usar ambas as técnicas eu exponho para o paciente e deixo ele escolher, esta eu acho a melhor conduta;

    - Cada caso é um caso, quando precisa operar a mandíbula não há nenhuma obrigação de operar a maxila e mento. As indicações para isso dependem da deformidade e da vontade do paciente.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  133. Doutor,por que algumas pessoas relatam que tiveram que ficar com a boca amarrada apos a cirurgia,ja que hoje usao pinos de titanio,essa tecnica ainda e usada hoje em dia ou nao se faz mais uso.
    E tambem é verdade que o SUS so libera a operação so para pessoas que tenham problemas de saude relacionados ao mau posicionamento da mandibula ou eles tambem liberam para tratamento estetico.

    ResponderExcluir
  134. Boa tarde Luan,

    - Quando o paciente precisa de uma cirurgia na mandíbula, desde que não seja um avanço muito grande, podemos indicar 2 técnicas: osteotomia sagital ou osteotomia vértico-sagital;

    - A osteotomia sagital possui a grande vantagem de o paciente sair com a boca aberta. A grande desvantagem é o risco de prejudicar a sensibilidade do lábio inferior. Isto acontece em mais de 50% dos casos, mas de maneira temporária, ou seja, a sensibilidade retoma ao normal após 3-6 semanas. Infelizmente em cerca de 3% dos casos este dano pode ser permanente e a região afetada nunca mais volta ao normal;

    - A osteotomia vértico-sagital tem a desvantagem de precisar de bloqueio maxilo-mandibular (boca amarrada) por 2-3 semanas. A grande vantagem é que praticamente elimina-se este risco de dano na sensibilidade do lábio. Além disso, esta técnica apresenta melhores resultados para os pacientes que apresentam disfunção na articulação têmporo-mandibular;

    - Esta questão da sensibilidade do lábio é importante. Reparem quantas pessoas entram no blog, após terem feito a cirurgia e perguntam "quando a sensibilidade do lábio vai voltar?", "quando vou parar de babar?" ou "quando vou voltar a fechar os lábios?". Felizmente isto acontece na minoria dos casos, mas é um risco que o paciente deve ser informado antes da cirurgia.

    - O ideal é que o cirurgião apresente ambas as técnicas para o paciente, com vantagens e desvantagens de cada uma, para que façam a escolha em conjunto;

    - O que acontece, infelizmente, é que muitos cirurgiões não dominam a técnica da osteotomia vértico-sagital. Como não se sentem seguro em indicar, acabam apenas oferecendo a técnica sagital e dizem que a vértico-sagital é "técnica do passado";

    - Não existe uma melhor técnica, existe uma que melhor se encaixa para o seu caso, para o seu perfil;

    - Com relação ao SUS eu não posso te responder porque eu não trabalho com o SUS.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  135. Boa Noite .

    porque, depois de mês da minha cirurgia meu cirurgião colocou umas ligas do lado direito e esquerdo e quebrou em poucos dias(2dias) .
    Para que elas servem? e porque é necessário ficar com o aparelho ortodôntico depois da cirurgia ortognática? brigadaa. ficarei grata pelas respostas*;

    ResponderExcluir
  136. Bom dia Marlene,

    - Eu desconheço "ligas", eu imagino que seja elásticos. Os elásticos são usado para ajudar a guiar a mordida no pós-operatório. Em alguns casos são usados para corrigir pequenos desvios. Isto tudo para deixar a mordida a mais próximo da ideal e reduzir o tempo de ortodontia pós-operatória.

    - O ideal é pedir para o seu cirurgiçao explicar sobre estas ligas.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  137. Bom dia doutor!! tenho visto muitas pessoas falar que vomita muito após acordar da cirurgia ate mesmo passa a noite vomitando, confesso que fiquei asustada, ai vem a pergunta; pq isso acontece? de certa forma sei mais ou menos, tem algo a ser feito pra que a pessoa não passe tão mal? são todas as pessoas que passa por isso? tenho muito medo pq eu tenho asma e sou muito alergica, sem contar que odeio vomitar alias quem gosta não é rsrr. Sim outra coisa doutor estou sentindo com mais frequencia dentro do ouvido os dois mais o direito como se fosse pedrinhas soltas principalmente quando falo muito e rapido é normal? Muito obrigada

    ResponderExcluir
  138. Bom dia Rosiclea,

    - Toda cirurgia sob anestesia geral tem uma tendência de o paciente apresentar náusea e vômito no pós-operatório, isto é devido à anestesia geral. Felizmente esta tendência é pequena e existem medicações que minimizam mais ainda isto;

    - Quando se faz uma cirurgia na boca ou nariz pode ocorrer de algum sangramento na hora da cirurgia escorrer pro estômago. Isto aumenta a tendência de náusea e vômito. Mas novamente te digo que isto ocorre na minoria dos casos porque temos medidas de prevenir isto;

    - De qualquer forma, caso venha a ocorrer o vômito, o paciente estava em jejum antes da cirurgia, ou seja, o conteúdo do vômito é apenas líquido. Além disso, se chegar a vomitar o paciente melhora minutos depois. Não encaro isto como um problema relacionado a cirurgia;

    - A questão da asma e alergias você deve informar ao anestesista durante a consulta pré-anestésica;

    - Estes sinais e barulhos que relata na articulação são compatíveis com o que chamamos de crepitação. Isto está relacionado ao desgaste articular causado pela sua mordida errada. O bom é que sua cirurgia está próxima.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  139. Doutor a anestesia geral não é arriscada a pessoa não acorda mais?E durante o efeito da anestesia estarei dormindo ou a possibilidade de acordar durante a cirurgia?

    ResponderExcluir
  140. Boa tarde Luan,

    - A anestesia geral é algo totalmente seguro. Existe um mito na sociedade com relação a isso, que não é verdade;

    - Se for um paciente saudável, que fez os exames pré-operatórios, realizando uma cirurgia programada (não de emergência), os riscos são praticamente descartados;

    - Eu entendo a ansiedade antes da cirurgia, é normal ter medo, mas com relação a isso pode ficar bem tranquilo.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  141. Ola!!
    Fiz uma extração do dente no maxilar superior, no fundo. De lá pra caá, isso tem alguns meses, venho sentindo um gosto amargo na boca que vem do nariz. Não sinto a presença de liquidos ou alimentos, apenas o gosto ruim que certamente escorre do nariz e que antes da extração não acontecia. Não existe mau hálito, mas sinto que escorre e tem gosto amargo.
    Pode ser uma comunicação buco sinusal?... e o tratamento é simples ou tem que ser cirúrgico?... Tem como eu mesma conseguir saber se é isso mesmo e procurar o dentista?

    ResponderExcluir
  142. Boa tarde Su,

    - A maneira como você descreve parece ser sim uma comunicação buco-sinusal;

    - O tratamento depende do tamanho da comunicação, presença de infecção e/ou corpo estranho, localização dentre outros;

    - O melhor que tem a fazer é procurar um espcialista em Cirurgia Bucomaxilofacial. Ele irá te avaliar, pedir exames se necessários e propor o tratamento.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  143. OLá, fiz uma cirurgia para tirar os sisos inferiores, porém, ao tirar, meu dentista detectou 3 raizes no siso esquerdo e este foi mais dificil de tirar, acabaou quebrando uma raiz. Já faz 5 dias que fiz a cirurgia e a minha lingua do lado esquerdo está formigando e sem sensibilidade, parece que ocorreu uma parestesia, pois no ato da cirurgia um nervo foi lesionado. Meu dentista recomendou tomar um remedio que se chama etna, esse remedio resolve? quando terei sensibilidade de novo? é muito incômodo... obrigada.

    ResponderExcluir
  144. Bom dia Nanda,

    - A parestesia do nervo lingual é uma complicação rara de acontecer durante a extração de terceiros molares;

    - Quando se tem uma lesão em nervo (causada por trauma ou pela cirurgia) desencadeia-se uma processo inflamatório onde pode acontecer neurólise. Nerólise é a destruição das celulas nervosas. Os medicamentos contendo o núcleo CMP (complexo vitamina B), como é o caso do Etna, inibem o processo de neurólise.

    - Então entenda, o etna previne o aumento de uma lesão, não estimula a neoformação do nervo. A celula nervosa é o tecido mais difícil de se regenerar em adultos;

    - Ainda é cedo com 5 dias, isto pode estar sendo causado pelo edema;

    - Mas se houve lesão (corte) acidental do nervo, pode ser considerada uma microcirurgia para suturar o nervo seccionado. Converse com o seu dentista, qualquer coisa peça para ele te encaminhar para um Cirurgião Bucomaxilo.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  145. Bom dia doutor, pode ser feito na cirurgia ortognatica avanço da mandibula e mento? quando eu jogo os dentes pra frente simulando a cirurgia, eu vejo que vou ficar queixuda, meu cirurgião diz que não mais eu acho que sim e insisto com ele, na sua opinião o ideia é que faça o mento também, ele disse que eu sou classe II e só precisará avançar a mandibula, e eu terei beneficios em relação a apnéia, mais pra corrigir totalmente teria que fazer a cirurgia combinada (maxilas e mento) e o aumento seria bem grande, confesso que fiquei em duvido e tenho medo de ficar muito diferente esteticamente, pois tenho o rosto bem fino e delicado, outra coisa quando jogo a mordida pra frente também percebo que meu labio inferior fica um pouco a frente do superior é normal é coisa de milimetro, mais percebo isso, por favor se puder me responder agradeço. obrigada

    ResponderExcluir
  146. Caro Cirurgião, bom dia!
    Dia 23 de Abril completo 2 meses em que fiz ortognatica (maxilar e mandibula).
    Poderia exclarecer duas dúvidas ?

    1º - Meu médico disse que leva 4 meses para que haja completa cicatrização óssea, há algum exame para validar a cicatrização total dos cortes realizados ?

    2º - Minha sensibilidade esta retornando progressivamente, e as vezes sinto nas "maçãs" do rosto um dor parecida com agulhadas, acontecem de vez em quando, isto é normal ?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  147. Bom dia Rosiclea,

    - Na minha opinião a apnéia é algo mais grave do que o problema de mordida. Afinal de contas pode trazer muitos outros problemas de saúde ao paciente que vão além da dificuldade de dormir. Por este lado, eu te aconselharia a fazer a cirurgia de maxila e mandíbula (combinada), pois traz mais impacto nas vias aéreas;

    - Por outro lado tem a questão da adaptação, como você mesma comentou. Uma cirurgia combinada traz mais alterações estéticas. Mesmo que as mudanças sejam favoráveis, nem todo o paciente tem o desejo de mudnça;

    - Com relação ao lábio. Quando faz a simulação do avanço empurrando a mandíbula para frente não é a mesma coisa que acontece quando faz a cirurgia do avanço. Esta simulação serve apenas para ver a posição do queixo em relação ao restante do rosto. Na simulação o lábio fica em uma posição forçada. Quando se faz a cirurgia e corrige a relação dentária, com certeza corrige a relação labial.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  148. Boa tarde Kleber Godoi,

    1º- Você pode fazer uma tomografia computadorizada. Este exame vai permitir uma análise parcial de como está o osso na região dos cortes. Esta análise não é precisa pois apenas mostra a quantidade e posição do osso, não mostra a maturação dos tecidos. Mas eu não vejo razão alguma pra fazer este exame;

    2º- Agulhadas, coceiras, formigamento, queimação... são todos sinais de que a sensibilidade nervosa está retornando, pode ficar tranquilo. Além disso, a sensibilidade na parte superior (cirurgia de maxila) sempre volta.

    Quando vocês escrevem as dúvidas assim, separadas, fica mais fácil de responder.

    Boa recuperação

    ResponderExcluir
  149. Doutor,meu ortodontista disse que ta quase chegando a epoca de me moldar,oque ele quer dizer com "MOLDAR",Será que a minha cirurgia ja esta proxima?
    Outra coisa de uns tempos pra ca meu nariz entope toda noite e tenho que usar soro nasal,será que esse cogestionamento nasal tem haver com o meu prognatismo?
    Engraçado isso começou a acontecer so depois que meus dentes ja estão muito pra frente,mais em geral sempre tive problemas na minha vida toda com nariz emtupido,so que agora com mais frenquencia.

    ResponderExcluir
  150. Bom dia Luan,

    - Moldar significa que seu ortodontista vai fazer um modelo de gesso da sua arcada para simular como estaria sua mordida na posição pós-cirurúrgica. Fazendo isto, ele consegue saber se sua mordida já está estável ao ponto que já possa te encaminhar para o cirurgião. Isto faz parte da rotina;

    - O congestionamento nasal não tem uma relação direta com o prognatismo. O que acontece é que muitos pacientes com prognatismo mandibular apresentam a mandíbula de tamanho aumentado, mas também a maxila retraída. Esta retração - conhecida como retrognatismo maxilar - está associada a restrição do volume das vias aéreas. Se a sua cirurgia envolver um avanço de maxila com certeza haverá uma melhora na sua respiração.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  151. Dr.
    Realizei a ortognática das seguintes formas: osteoplastia para microgmatismo; osteotomia segmentaria de maxila; osteostomia tipo Lefort 1

    1. Já tenho 3 meses de cirurgia e meu ortodontista acha muito estranho eu ainda estar inchada na região em volta do nariz. Por isso, fui ao meu cirurgião e ele disse que eu tenho muito pouco inchaço. Mas pelo que as pessoas estão falando, parece muito. Ele disse que se não resolver, eu posso tirar a placa que foi colocada, mas só daqui há um ano. Fiquei muito assustada com a possibilidade de ter que voltar a realizar uma cirurgia para ficar normal.

    2. Meu ortodontista achou estranhíssimo eu ter ficado com falhas na mordida e terei que ficar mais alguns meses com o aparelho. Mas isso não é normal?

    3. Minha esteticista, que faz drenagem linfática semanalmente, disse que eu posso estar com fibrose na região dos cortes, por isso o inchaço. Como eliminar a fibrose? Inclusive acho que onde houve pontos no nariz eu sinto umas elevaçõeszinhas.

    Agradeço a atenção.

    Abraços.
    Maria

    ResponderExcluir
  152. Boa noite Maria Aparecida,

    1- Com 3 meses ainda tem inchaço. Eu costumo dizer aos pacientes que com 2 meses cerca de 80% do edema já regrediu, mas que o resultado final só aparece entre 4-6 meses.

    - Mas da maneira como você reclama pode não ser apenas o inchaço. Neste caso eu acredito que seja o efeito da movimentação da maxila (osteotomia Le Fort) que foi feita e isto causou um preenchimento nesta região. Porém ,é difícil opinar sem estar vendo;

    - De maneira alguma a cirurgia para remoção das placas irá influenciar nisso. Pelo contrário, é uma nova cirurgia que vai causar novo inchaço;

    2- O principal objetivo da cirurgia ortognática é a correção da mordida. Não está certo o seu ortodontista estar estranhando o resultado. Podem estar acontencendo duas coisas:
    A) O cirurgião não alcançou a mordida que foi planejada ou;
    B) O cirurgião alcançou a melhor posição possível, a limitação esteve na maneira como o ortodontista preparou os seus dentes. Neste caso faltou interação entre Cirurgião e Orto para checarem o planejamento juntos antes da execução da cirurgia;

    - Quando eu recebo um paciente do ortodontista, minha maior preocupação é alcançar a mordida que vai facilitar o trabalho dele no pós-operatório. Só assim continuarei recebendo indicações dele. Se os dentes não estão encaixando bem, eu mostro esta limitação durante o planejamento e ele tem que concordar;

    3) Todo corte gera uma cicatriz (fibrose), mas não consigo imaginar que uma fibrose cicatricial possa interverir no volume de maneira que o paciente reclame, ao menos nunca presenciei isso;

    - As elevações no nariz podem ser os degraus entre os cortes, você teve uma osteotomia segmentaria. Outra possibilidade, dependendo onde estiver palpando, de ser as miniplacas. Neste último caso se fizer a cirurgia para remover as placas resolveria isso. Mas sinceramente isto não justifica a cirurgia, ao menos eu nunca tive um paciente que precisou remover alguma miniplaca.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  153. Doutor,
    Muito obrigada pela sua atenção.
    1- se "o efeito da movimentação da maxila (osteotomia Le Fort) causou um preenchimento nesta região", é possível reverter isso com cirurgia plástica?
    2- meu nariz ficou arrebitado e achatado (acho que pelo mesmo motivo acima). Isso também é possível reverter?
    3- ainda não tenho sensibilidade no palato, mas no queijo percebo que está voltando aos poucos. Como posso acelerar a volta da sensibilidade no palato?
    4- percebo agora mais nitidamente que faltou sintonia entre meu cirurgião e ortodontista. Isso pode ter provocado o resultado insatisfatório?
    5- o senhor poderia me avaliar ao vivo? ter uma segunda (ou terceira) opinião me ajudariam muito.
    Obrigada.
    Maria

    ResponderExcluir
  154. Bom dia Maria Aparecida,

    1- É muito cedo para dizer que o resultado foi insatisfatório a ponto de indicar uma nova cirurgia. Esta conclusão só pode ser tomada após ceder todo o edema. Converse melhor com o seu cirurgião;

    - Caso não tenha mais edema e você ainda queira arrumar, a melhor solução é reoperar com um Cirurgião Bucomaxilo, você pode inclusive considerar o seu cirurgião, afinal ele conhece o seu caso. Esta reoperação seria desgastar a porção óssea que foi avançada em excesso (se é que isso aconteceu), ou então soltar a fixação e colocar a maxila em uma nova posição (menos projetada);

    2- Também é possível reverter o nariz se este ficou demasiadamente arrebitado, talvez neste caso possa entrar junto um cirurgião plástico;

    3- Não há o que fazer para o retorno da sensibilidade do palato, apenas esperar;

    4- Eu não tenho como responder esta pergunta. Continuo achando muito cedo para você definir qual foi o resultado da sua cirurgia;

    5- Escreva-me um e-mail em cirurgiaofacial@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  155. Boa tarde, o meu nome é Marco e vou fazer cirurgia ortognática para recuar a mandibula, avançar a maxila e expandir o palato, contudo estou com com uma dúvida referente á cirurgia que passo a expôr: como é que vou proceder ás ativações do aparelho expansor tendo feito as outras cirurgias no mesmo procedimento? pelo que vi as pessoas no pos operatório ficam sempre de boca "selada".
    Obrigado pela atenção e pelo blog.

    ResponderExcluir
  156. Boa tarde Marko,

    São 2 situações diferentes:

    1) A cirurgia de expansão do palato pode ser feito prévia à cirurgia ortognática, quando é necessária bastante expansão. Nestes casos realmente o paciente precisa ter acesso para ir ativando o aparelho e fazer a expansão.

    Quando a expansão é feita simultaneamente (na mesma cirurgia) o osso já é fixado na nova posição, sem necessidade de ativações no aparelho expansor. Então quando é feita junto da cirurgia ortognática não teria problema se o paciente estivesse com a boca fechada;

    2) Não necessariamente o paciente sai com a boca "selada". Quando a cirurgia ortognática envolve uma cirurgia de mandíbula e a movimentação não for um grande avanço existem duas técnicas que podem ser utilizadas, em uma delas o paciente fica com a boca amarrada por 2-3 semanas.

    A escolha de qual técnica será usada depende do caso, da opção do paciente e da preferência do cirurgião - alguns utitizam apenas a técnica que sai com a boca aberta. O ideal é que o paciente saiba as vantagens e desvantagens de cada uma e ele mesmo escolha.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  157. obrigado pela resposta, a expansão pelo que vejo ainda vai ser grande(bilateral), mas ainda não me falaram de nenhumas medidas para a expansão, as cirurgias(avanço e expansão da maxila, recuo da mandibula) á partida vão ser feitas todas no mesmo procedimento, acha que sendo assim vão simplesmente por o meu palato com a expansão pretendida logo na cirurgia ou irei proceder ás tais ativaçoes diárias? queria perguntar isto ao meu cirurgião mas agora so tenho consulta em junho.

    ResponderExcluir
  158. já agora mais uma dúvida, quando era miudo fiz um tratamento ortodôntico(que acabei por não concluir) no qual extraí 3 pre-molares(devo extrair agora o 4º para ficar simétrico), li várias historias sobre que a extração destes dentes podia deixar uma aparência mais envelhecida, a minha dúvida é, se agora com estas cirurgias descritas acima(inclusive a expansao do palato) me vai anular esse problema de aspecto envelhecido precocemente no futuro, tenho 19(quase 20) anos, o meu rosto eh "cumprido" e fino(não sei se tal se deve ah ausência dos tais pre-molares ou ao facto de ter o palato estreito ou ah própria anatomia da minha face), essa dúvida assusta-me imenso pois quero ficar com a face adequada á minha idade e não envelhecida.

    ResponderExcluir
  159. Dr,
    - Só agora, vendo pelo seu perfil completo, percebi que mora em Florianópolis. Então, acho que uma consulta, só me programando melhor. A não ser que atenda em São Paulo também.
    Só para lembrar: realizei a ortognática há 3 meses das seguintes formas: osteoplastia para microgmatismo; osteotomia segmentaria de maxila; osteostomia tipo Lefort 1.

    - Queria explicar melhor que meu ortodontista disse que com a cirurgia eu deveria sair pefeita com relação à modida e ficar com aparelho só alguns meses. Mas vejo pelos depoimentos que as pessoas ficam, às vezes, até um ano com aparelho após a cirurgia. Acho que é isso, vou ficar mais um ano mais ou menos. Isso não é normal?
    - Para mastigar, eu ainda não consigo movimentar os alimentos bem, tendendo a abrir os lábios. Parece que faço uma força muito grande, as pessoas ficam com dó. Minha fono diz que é normal, mas eu acho que com 3 meses já deveria estar bem. Não como socialmente porque chama muito a atenção.
    - Meu rosto parece ainda muito repuxado nas fotos e meu lábio inferior fica tenso ao selar os lábios.
    - Tenho uma elevação entre o nariz e a boca, bem antiestética e, quando falo, essa região está bem endurecida, até me perguntam se dói.
    Agradeço a atenção
    Maria

    ResponderExcluir
  160. Bom dia Marko,

    - O seu primeiro tratamento com a extração de pré-molares pode ter tido repercussão na estética do rosto sim. Antigamente se fazia mais isto, extrair pré-molares para facilitar a correção da mordida. Em alguns casos ainda é feito hoje em dia, até mesmo em casos cirúrgicos. Mas as indicações diminuíram exatamente porque alguns pacientes apresentaram "piora" na estética facial... eu disse alguns pacientes, isto não se aplica a todos os casos;

    - Para o seu tratamento atual, mesmo eu estando limitado por não ver o caso, acredito seja necessária mesmo a extração deste pré-molar para correção da assimetria dentária. Isto depende do que o seu Ortodontista decidir;

    - Quanto a estética do seu rosto, você vai fazer a cirurgia ortognática. Na consulta com o cirurgião apresente todas as suas queixas e vontades, ele vai te dizer o que vai ser corrigido, quais opções, ou o que não consegue ser corrigido só com a ortognática. A decisão do tipo de cirurgia depende muito da queixa do paciente - o que ele deseja mudar, ou o que ele não deseja mudar e etc...

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  161. Bom dia Maria,

    - É muito comum a necessidade de ortodontia pós-operatória, em média 6 meses. Isto depende muito de cada caso, do ortodontista, de como estava o preparo pré-operatório. Então, no seu caso eu acho normal usar um tempo de aparelho, o que parece estranho é a falta de comunicação entre paciente, ortodontista e cirurgião. Você deveria estar ciente disso antes da cirurgia ou até mesmo antes de colocar o aparelho;

    - Com 3 meses seria esperado que sua alimentação já estivesse próxima do normal, ou até 100%. Entretanto, eu não sei como foi o seu caso, o que foi feito, como foi a cirurgia e o pós-operatório. É normal alguns pacientes tomarem mais tempo na recuperação, mas parece estranho com 3 meses você não conseguiur comer em público;

    - A movimentação dos tecidos moles e a motricidade dos lábios podem levar até seis meses para recuperação total. Novamente, eu acho estranho que, com 3 meses quando já deveria estar próximo do resultado final, você ainda não aceita resultado. Mesmo não estando 100% pronto, nesta fase os pacientes já costumam estar satisfeitos com o resultado;

    - É difícil eu opinar sobre esta elevação sem estar vendo.

    No seu caso eu sinceramente acho que você deve procurar o seu cirurgião e conversar melhor com ele. É bem provável que o resultado esteja dentro do esperado e o que faltou foi um pouco de comunicação. Se ele diz que está correto e que ainda é cedo, eu sugiro que você confie nele e espere no mínimo até seis meses. Enfim, converse para saber as razões disso tudo;

    Eu não me importo de tirar as suas dúvidas, mas como o seu caso você demonstra muita insatisfação com o resultado, eu acredito que seja melhor o seu cirurgião responder pra ti.
    Até mesmo por uma questão de ética eu prefiro que você faça isso. Caso contrário, se realmente precisar, você pode fazer uma documentação (raio-x e fotos) e mandar por e-mail ou consulta via skype.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  162. Dr.,
    - Por eu saber com antecedência que ainda usaria aparelho depois da cirurgia que fiquei surpresa com a insatisfação do meu ortodontista.
    - As mesmas perguntas que faço aqui, fiz para meu cirurgião, mas, acho as respostas dele imprecisas, vagas, receosas. Sei que não é ético, não estou acusando meu cirurgião porque não há um resultado definitivo com 3 meses e meio. Mas me sinto mais segura ouvindo uma outra opinião.
    - Antes da cirurgia conversei com meu cirurgião e coloquei minhas dúvidas, em diversas ocasiões, mas o cirurgião nunca comentou que meu nariz sofreria alguma influência com a cirurgia, o que, no caso, foi bem negativa.
    - Ainda não posso enviar um raio X porque estou viajando a trabalho (mesmo assim fazendo fono, drenagem linfática e acupuntura), mas enviarei minhas fotos por e-mail.
    - Respeito e reconheço sua ética e profissionalismo e, mais uma vez, agradeço muitíssimo.
    Maria

    ResponderExcluir
  163. Olá doutor tudo bem... eu quero saber a sua opinião;
    1-a cirurgia da ATM é valida visto que eu tenho muita dor?
    2- se eu opitar por só avanço da mandibula terei bons resultados com ATM?
    3- se não fizer a ATM posso ter outros problemas como mais dor no futuro?
    Muito obrigada

    ResponderExcluir
  164. Olá, eu irei fazer uma cirurgia ortognática em breve. Estou em um tratamento ortodôntico há anos, e minhas dúvidas são as seguintes: Quando colocarem as placas de titânio no meu osso, quem tocar no meu rosto ou apalpá-lo vai sentí-las?
    Quando eu era criança sugeriram uma cirurgia para mim porque eu tinha adenóide grande, mas eu não fiz. Em relação às minhas amigdalas, elas são grandes também, só que quando eu era criança me disseram que não era necessário, e na verdade eu não tenho nenhum problema com elas.
    Mas esses dias um médico olhou e achou ela grande, porém não falou em cirurgia.
    Gostaria de saber se para fazer a ortognática eu sou OBRIGADA a fazer a cirurgia da amigdala ou da adenóide, eu já vi pessoas que tiraram os cornetos junto com a ortognática, mas eu não queria fazer junto.
    Gostaria de saber, que se eu quiser no futuro mesmo tendo feito a ortognática, eu posso tirar as minhas amigdalas ou a adenóide grande.

    ResponderExcluir
  165. Bom dia Rosiclea

    1- A cirurgia da ATM é um tema controverso na Cirurgia Bucomaxilofacial. Depende muito da escola do cirurgião. Alguns sempre operam e indicam enquanto outros são totalmente contra.

    Existem profissionais que mostram excelentes resultados fazendo a cirurgia na ATM concomitante. Também existem cirurgiões que não operam a ATM e conseguem os mesmos excelentes resultados. O fato é que cientificamente não existe uma evidência de que a cirurgia na ATM, de modo geral, esteja indicada durante a cirurgia ortognática. Alguns pacientes apresentam patologias na ATM e nestes casos a ciruria é necessária.

    2) Somente com o avanço da mandíbula você vai ter uma correção da sua mordida e isto leva à melhora na ATM em muitos casos, pela simples correção da mordida. Os trabalhos mostram algo em torno de 50-70% de melhora;

    3) Não existe esta relação de que você possa ter mais dores no futuro, corrigindo a sua mordida a tendência é que elas diminuam.

    O tratamento de qualquer disfunção da ATM passa antes pelo tratamento clínico (não cirúrgico) que envolve a correção da mordida, uso de placa miorelaxante, controle do estresse, fisioterapia. A indicação de uma cirurgia na ATM só deve ser cogitada após o insucesso do tratamento clínico.

    A cirurgia da ATM é muito discutida, depende muito da formação e opinião pessoal de cada cirurgião. Eu sou daqueles que raramente indica cirurgia na ATM e consigo excelentes resultados apenas com a cirurgia ortognática e tratamento clínico.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  166. Boa noite .. adorei o blog ... mtos informaçoes ... tbm tenho uma perguntinha ... fiz a ortognatica a 6 meses ... tinha uma mordida cruzada terrivel depois da cirurgia ela se foi Graças a Deus ... mas porem minha mordida ficou mto aberta agora esse mes q irei tirar o disjuntor p colocar o fixo na parte superior ... o aparelho fixo q irei colocar pode concertar a mordida? pode fexar??? ou precisarei de outra ortognatica ... eu faria tudo novamente .. mas estou por dentro das atualidades e ja sei q com tecnicas posso concertar a mordida aberta ... porem o tratamento dura um tempo maior ... fiquei ate feliz rs... mas se o parelho fixo fizer esse trab seria bem melhor ... rs.... por favor aguardo sua resposta... bjos desde ja obrigado!

    ResponderExcluir
  167. Boa tarde Helene,

    - Não, as placas não são perceptíveis à palpação... talvez apenas você palpando vai saber a localização das placas;

    - Não existe relação entre a cirurgia de amidalectomia e a cirurgia ortognática. Não há necessidade de fazer, também não há problemas se você quiser tirá-las depois.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  168. Boa tarde Janaina,

    - Esta primeira cirurgia que você fez, a disjunção palatina, foi para corrigia a mordida cruzada posterior, como você mesma falou. Um dos efeitos colaterais temporários é a mordida aberta, pois é comum acontecer um toque dentário pré-maturo após a disjunção;

    - Em princípio não deve ser necessário uma cirurgia ortognática. Se fosse, o seu ortodontista e o seu cirurgião já deveriam ter te avisado que o tratamento envolveria duas cirurgias;

    - Em alguns casos isto é feito, disjunção em uma 1º tempo e depois a cirurgia ortognática. Geralmente está indicado quando além da mordida cruzada existem outras deformidades, ou o paciente gostaria de mudar a estética facial;

    Neste seu caso o melhor é o seu ortodontista responder.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  169. Caro Dr, Boa Noite.

    Completarei 3 meses de ortognática e estou começando a ter a vida normalizada.
    Só o que tem me preocupado são duas coisas :

    Um dos procedimentos cirurgicos foi a segmentação do palato, as veze sinto um pouco de dor próximo aos dentes caninos superiores, quango mastigo ou quando assoo o nariz.
    Minha ortodontista disse que ainda esta um pouco mole esta região.
    Gostaria de saber se é normal esta sensação pós cirurgica com este tempo de cirurgia ?

    Outro ponto é a pouca sensibilidade no labio inferior, a semana passada surgiu uma afta bem grande por que ao me alimentar mordi várias vezes sem sentir, não tenho mais sentido os "choquinho" e sensações de quente e frio como sentia antes, isto é normal ?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  170. OLÁ DOUTOR GOSTEI MUITO DO BLOG!
    TAMBÉM VOU FAZER A CIRURGIA ORTOGNATICA ,MAS VOU PASSAR PRIMEIRO PELA CIRURGIA PARA ABRIR O CÉU DA BOCA O MEU PLANO DE SAUDE É CONVENIO DA EMPRESA NÃO SEI SE COBRE TODO O PROCESS,O GOSTARIA DE SABER NOS CASOS MAIS FREQUENTES O QUE O PLANO COBRE? E NO CASO DA CIRURGIA DE CONJUNÇÃO QUANTO TEMPO PARA RECUPERAÇÃO? OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  171. Boa tarde Kleber,

    1- Com três meses a sensibilidade do palato pode ainda não ter voltado normalmente. O ideal é acompanahar isso com o seu profissional. Uma das desvantagens de segmentação da maxila é o risco (baixo) de causar algum dano às raízes dentárias... por isso que é importante monitorar com o seu profissional;

    2- Como você já deve ter lido, a falta de sensibilidade no lábio inferior é uma queixa relativamente comum nos pacientes que fazem a cirurgia de mandíbula com a técnica sagital. Isto é um risco que já aviso ao paciente antes da cirurgia;

    - Felizmente a maioria dos casos retorna a sensibilidade entre 3-6 meses, mas não é nada garantido. A sua pergunta foi se "é normal", normal não é, mas é um risco que pode acontecer.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  172. Boa tarde Monica,

    Em geral todos os planos cobrem a parte hospitalar, que inclui: internação, centro cirúrgico, medicações a material de fixação (miniplacas de titânio). Mas estas questões financeiras é melhor você investigar direto com o seu cirurgião e o seu convênio

    ResponderExcluir
  173. Olá Doutor,

    Estarei realizando minha operação mês que vem,
    devido a falta de projeção do queixo, foi sugerido pelo meu cirurgião a utilização "Porex" para alcançar um melhor resultado, gostaria de saber é seguro a utilização desse material?

    ResponderExcluir
  174. Boa tarde Rick,

    - Quando fazemos a cirurgia no queixo, conhecida como mentoplastia, existem 3 opções: fazer a cirurgia com o teu próprio osso, prótese de silicone ou prótese de acrílico poroso (a marca mais conhecida é Medpore Porex);

    - A prótese de silicone eu não recomendo;

    - A prótese "Porex" é uma excelente opção. Existem vários modelos e tamanhos de prótese. Além dessa flexibilidade, tem a vantagem de permitir a troca no futuro por uma maior ou menor. A desvantagem é o custo da prótese e que só permite o aumento anterior do queixo;

    - A cirurgia no osso, que é a osteotomia sub-apical anterior é outra ótima opção. A vantagem é que não tem a presença de nenhum corpo estranho e permite todos os movimentos: avanço, recuo, redução ou aumento vertical. A desvantagem é que a morbidade pós-operatória é um pouco maior;

    O ideal é que você converse com o seu cirurgião e permita que ele escolha o material que ele tem mais experiência e preferência.

    Mas respondendo a sua pergunta: o Porex é seguro.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  175. Olá Doutor. Estou com 21 dias de Pós operatório, fiz avanço de maxila 3mm e recuo de mandíbula 3mm.

    -retirei a goteira com 19 dias, e agora estou com muitas dores! Não vejo muitos relatos sobre dores, mesmo com antinflamatório e analgésico as dores persistem! Sinto uma forte pressão nos músculos perto da articulação, e dores nos dentes!!

    - existe algo que possa amenizar essas dores?

    - vou iniciar a fisioterapia, isso fará sentir mais dores?

    desde já agradeço a disponibilidade em ajudar!
    Atenciosamente
    Dayane

    ResponderExcluir
  176. Bom dia Dayane,

    - Não é comum o paciente se queixar de dores após uma cirurgia ortognática, no máximo eles relatam um desconforto. Isto é mais incomum ainda após 21 dias de cirurgia. Você deve consultar com o seu cirurgião para investigar o que pode estar acontecendo. Talvez seja parte do processo de adaptação...

    - Com certeza existem medicações para amenizar possíveis dores, não há mais razão para ninguém passar dor. Mas medicação quem passa é o seu Cirurgião;

    - A fisioterapia vai promover uma recuperação de sua postura muscular e fortalecer o tônus. A tendência é que isto só melhore e ajude na sua recuperação, amenizando as dores.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  177. olá Doutor. Meu Nome é Anderson tenho 15 anos, tenho o queixo um pouco para tráz o que deixa minha face super esquisita quando fico sério.Meus dentes de trás são menores comparado aos outros.uso aparelho há 4 meses e colocarei o tubo ortodôntico, alinhando todos os dentes averá mudança na maxila e harmonia facial,ou apenas a cirurgia poderá corrigir?
    obrigado desde já.

    ResponderExcluir
  178. Boa noite Anderson,

    - Eu não tenho como dizer se o aparelho irá corrigir ou não a sua mordida sem ver os teus exames;

    - O fato é que é bem provável que a correção da mordida, de alguma forma, é possível de conseguir somente com o aparelho na maioria dos casos;

    - No entanto, somente a ortodontia dificilmente irá conseguir corrigir a sua face, "queixo ora trás" como você descreveu. Para corrigir a projeção do queixo e a estética facial, somente associando o aparelho ortodôntico com a cirurgia.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  179. oi dr, td bom? fui a um ortodentista e ele me indicou que seria necessario fazer cirurgia.coloquei o aparelho a 5 dias e como meu dente nao há muito o que alinhar.(obs: tenho classe III e mordida aberta porcausa da mandibula).Entao meu pre operatorio segundo a ortodentista sera menos de 1 ano, e como sei dos gastos da cirurgia que são altos fiz um convenio hoje.Sei que hoje apos muita paciencia os planos cobrem o material , a internação e parte dos honorarios ou até tudo..Minhas duvidas são, sei q em um ano todas as carencias de cirurgias e exames de alta complexidade nao existirao mais, porem o plano pode recusar e constatar ser uma doença ou lesao pre-existente?E no caso a carencia hoje é de 24 meses.pois é isso que esta me fazendo desistir, pois se meus dentes ficarem prontos em 1 ano, terei q esperar mais 1, ou se a solicitação da cirurgia for somenete daqui a um ano o plano nao tem como proibir por conta deste termo?obrigada .Simonny

    ResponderExcluir
  180. Bom dia Simonny,

    - É difícil te responder precisamente esta pergunta pelas seguintes razões: 1) Não sabemos como vai estar a política dos convênios daqui um ano; 2) Existe muita variação entre cada tipo de convênio e entre diferentes localidades; 3) relação do seu cirurgião com o plano (se ele tem facilidade em aprovar as cirurgias);

    - Vou te dizer a minha experiência de como funciona hoje com os meu pacientes: Todos tem a cirurgia aprovada pelo convênio e nem precisa de tanta paciência assim; nenhum deles teve a cirurgia negada por ser lesão pré-existente, mesmo aqueles que fizeram o plano a pouco tempo; a maioria dos convênios cobre todos os gastos hospitalares, mas não reembolsa os honorários da equipe cirúrgica.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  181. oi cirurgião! muito obrigada pelo esclarecimento.Vou decidir com a ortodontista qual o melhor a se fazer entao a cirurgia mesmo ou um tratamento compensador, porque na verdade nao tenho nenhuma deformidade perceptivel na face.mas muito obrigada.

    ResponderExcluir
  182. Olá Dr, estou com 48 dias de pós operatório, e ainda tenho dificuldades com as dores na atm, estou com 15mm de abertura da boca, e muita dificuldade para aumentar, estou fazendo fisio, e vejo que até mesmo a profissional acha difícil o meu caso... além das compressas quentes e da insistente abertura, existe algo que eu possa fazer para me auxiliar nessa difícil recuperação?
    Att
    grata
    Dayane

    ResponderExcluir
  183. Caro, Dr Cirurgião boa noite !
    Completeu ontem 4 meses de pós operatório.
    Praticamente minha vida esta totalmente normalizada.
    Fiz recuo de avanço de maxila e recuo de mandibula, na cirurgia foi realizado também mentoplastica e segmentação palatina.

    Gostaria de saber quanto tempo leva em média para eu poder comer qualquer tipo de comida (ex: torresmo, amendoin, pé de moleque) coisas realmente duras, sem correr riscos.

    Outro ponto que gostaria de saber, é se o acompanhamento de um fonoaldiologo é obrigatório para quem se submete a este tipo de cirurgia, ainda não dei início ao acompanhamento devido a falta de tempo


    Muito Obrigado

    ResponderExcluir
  184. Boa noite Dayane,

    - Desculpe minha limitação em ajudá-la pelo fato de não estar examinando ao vivo. Realmente sua abertura de boca está menor do que se espera para este tempo de pós-operatório. Mas tudo tem influência de cada caso... acho melhor que o seu cirurgião, que a conhece melhor, passe as orientações

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  185. Boa noite Kleber,

    - O acompanhamento com fono não é obrigatório. Ele ajuda bastante. Principalmente nos casos de grandes deformidades, onde a posição da mordida, língua e lábios muda muito. Mais cedo ou mais tarde o paciente irá recuperar a dicção, mas com a ajuda de um profissional é mais rápido e com mais qualidade. Mas eu não considero "obrigatório";

    - Com relação à alimentação eu acredito que seis meses seja tempo mais do que suficiente. Pode ir aumentando a consistência dos alimentos aos poucos e quando notar já estará comendo de tudo. Mesmo assim confirme com o seu cirurgião a opinião dele.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  186. Boa tarde

    Estou a falar de Lisboa, o meu nome é Paulo, comecei esta semana o tratamento com a colocação de aparelhos fixos nos dentes, para depois operar a uma assimetria do meu maxilar inferior, "torto" para o lado esquerdo.

    Neste tipo de operação, também os riscos são os mesmos de deixar de sentir o queixo?

    A operação também é considerada ortogrática?

    Obrigado
    Abraço

    ResponderExcluir
  187. Boa noite Dr.
    Meu nome é Paulo César tenho 19 anos. Tem uma semana que fraturei a mandíbula, estou usando um aparelho durante 45 dias, segundo o Médico a fratura não foi grave é não à necessidade de fazer a cirurgia pois o aparelho ira "colar". Estou sentindo muita dor, mesmo com o uso dos medicamentos e estava com uma dormência no queixo, agora ela só está aumentando e passou para boca, isso estar incomodando muito. Gostaria de saber se tem alguma dica pra aliviar essa incomodação. Obrigado

    ResponderExcluir
  188. Bom dia RAM (Paulo de Lisboa);

    - Sim, o tratamento com aparelho e cirurgia para correção de assimetria facial é a cirurgia ortognática;

    - Toda vez que necessita uma cirurgia na parte inferior (mandíbula), existem 2 técnicas que podem ser executadas. Uma delas tem uma chance de alterar a sensibilidade temporariamente do queixo e lábio inferior. Eu repito que isto é uma chance, não é sempre, e é na grande maioria dos casos acaba retornando em até seis meses.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  189. Bom dia Paulo César,

    - Uma das maneiras de tratar uma fratura de mandíbula é através de bloqueio maxilo-mandibular, conhecido como boca amarrada. Por isso a necessidade do aparelho para conseguir o fechamento;

    - Estas perguntas da dormência e da dor são muito específicas e eu vou preferir orientar que você converse com o seu cirurgião a respeito.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  190. Caro Cirurgião, boa noite.
    Fiz ortognatica a 5 meses e praticamente toda a sensibilidade retornou exceto no labio inferior e queixo ( ao tocar só sinto choquinhos leves.
    Iniciei sabado passado acupuntura.
    Gostaria de saber se este tratamento pode auxíliar e se no meu caso corro risco de ter perdido para sempre a sensibilidade neste local.

    Obrigado

    ResponderExcluir
  191. Bom Dia Dr.,

    Tenho 22 anos e estou prestes a comçar um tratamento ortodontico para alinhar os dentes e em seguida fazer uma cirurgia ortognática para queixo retraído. Usei aparelho durante 7 anos, e por descuido ou erro da dentista, ela não percebeu um dente incluso na mandibula direita. Esse, causou toda a deformidade na arcada dentária e também meu problema na ATM. A do lado direito, tem desgaste moderado. E a "retração" da mandíbula é nivel 2. Gostaria de saber se vou ter alguma restrição após a cirurgia. Se vou poder praticar qlqr esporte ou se vou sentir dores. Obrigada!

    ResponderExcluir
  192. Olá Dr,

    Sou Flávio ,vivo na Argentina e tenho 21 anos.
    Ia fazer a cirurgia quando tinha 16 anos mas não podia por causa da idade. Agora voltei com meu interesse. Queria saber se os médicos da Argentina são bem vistos ou se é melhor eu desistir de fazer a cirurgia. Para mim não é possível fazer no Brasil, porque trabalho aqui e tenho plano de saude, assim não teria gastos.

    E tenho outras dúvidas básicas:
    Quanto tempo em média dura a cirurgia?
    Quanto tempo após a cirurgia, o paciente pode ir para casa?
    Quais as restrições do pós-operatorio?

    Acredito que tenho mais dúvidas, mas não vou pertubar tanto. hahaha

    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  193. Bom dia Kleber Godoy,

    - Sim, a acupuntura pode ajudar na recuperação da sensibilidade na região do queixo e lábio inferior. Com cinco meses ainda é cedo pra dizer que o dano foi permanente. A sensibilidade pode retornar naturalmente, fisioterapia, laser e acupuntura podem ajudar;

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  194. Bom dia F. R.,

    - Depois que passar a primeira fase do pós-operatório, de uma semana, você já poderá aos poucos retomar as suas atividades físicas. A única restrição será esportes de contato físico para que não tenha o risco de tomar uma bolada, golpe, choque etc... Neste caso são necessários 4 meses para retomar estes esportes. Depois disso, nenhuma limitação;

    - As dores faciais tem vários componentes envolvidos, um deles é a mordida. Então, acontece que muitos pacientes que apresentam dores melhoram completamente após a cirurgia ortognática. Isto se deve ao fato da correção da mordida, o que ajusta a situação da articulação. A tendência é que melhore ou resolva suas dores, exceto nos casos que existem outros fatores envolvidos na causa da dor.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  195. Bom dia Flávio,

    - Com certeza devem existir cirurgiões de confiança na Argentina. Eu infelizmente não conheço pra indicar. Recomendo que peça uma ou mais indicações do seu ortodontista;

    - Em geral o paciente fica internado apenas um dia, depois vai pra casa;

    - O tempo de cirurgia varia muito conforme cada Cirurgião e tipo de cirurgia, dependendo muito se é apenas em um maxilar ou em ambos. Uma estimativa geral seria de 2-4 horas;

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  196. Oii Dr. Parabéns pelo blog.
    Meu nome é Karen tenho 20 anos, realizei minha cirurgia á 26 dias ( avanço de mandibula 14mm, avanço e impacção de maxila e mentoplastia) estou com a boca amarrada ainda!

    1: Não consigo abrir a minha boca ainda.
    2: Não comi nada pastoso, somente liquiido.
    3: Sinto os musculos da face duros, sera que é por causa do edema? porém consigo movimenta-los pouco.
    To achando que o meu pós está muito lento, isso é tudo normal?
    Desde já Obrigado

    ResponderExcluir
  197. Olá Dr., parabéns pela iniciativa do blog!
    Meu nome é Priscila e fiz a cirurgia dia 03/08/11. Estou no quarto dia de recuperação. Fiz retração e impactação de maxila (superior), avanço da mandíbula, mentoplastia, septoplastia (tinha desvio de septo) e redução dos cornetos!
    Foi mta coisa, mas acho q não estou tão mal assim... Descobri hj seu blog e pelos posts q li tem casos de pós mais complicados q o meu.
    Estou bem inchada, em volta dos lábios bem roxo e sem sensibilidade no lábio inferior e queixo.
    A parte interna da boca inchou mto e ainda não consigo fechá-la. Voltarei ao buco depois de amanhã q é qdo serão colocados os elásticos para estabilização da musculatura. Acho q fico com a boca presa por umas 3 semanas + ou -. Gostaria de saber se este procedimento é normal (não amarrar logo após a cirurgia, mas poucos dias depois) e se, mmo amarrando 6 dias após a cirurgia, se favorece a recuperação da sensibilidade do lábio inferior e do queixo.
    Bem, por enqto essa é minha dúvida. Não estou arrependida de ter feito a cirurgia, mas o pós operatório é um pouco pior do q eu imaginava. Tenho sentido dor, mmo com o uso dos analgésicos (não mto intensas, mas incomodam). Não poder falar e a dificuldade para me alimentar tbém são bem ruins. Ainda não consigo me olhar mto no espelho, tá bem feio, mas minhas expectativas são boas. Espero q o edema e o roxo melhorem logo e q a sensibilidade volte o mais rápido possível. Ainda esta semana vou procurar drenagem e fono.
    Desde já agradeço e dividirei com vcs como está sendo minha recuperação.
    Um abraço!
    Priscila

    ResponderExcluir
  198. Boa tarde Karen:

    1- Como você está com a boca amarrada, era de se esperar que não consiga abrir a boca;
    2- Também é impossível comer pastoso enquanto estiver com a boca amarrada. Logo que se cirurgião liberar a sua mordida você poderá iniciar com alimentos mais pastosos;
    3- A sua musculatura foi traumatizada durante a cirurgia e depois sofreu um pouco de atrofia pelo fato da imobilização. Logo que você abrir a boca vai estar começando a fisioterapia e isto deve se resolver.

    Se está "normal" ou não é o seu cirurgião quem dirá. Boa sorte

    ResponderExcluir
  199. Boa tarde Priscila,

    - É bem normal mesmo a colocação de elásticos após os primeiros dias. As vezes, deixar os primieros dias sem elásticos garante um conforto maior. Com certeza os elásticos irão fazer a função deles que é guiar a mordida para a posição correta;

    - A única correção que tenho a fazer é que os elásticos não irão influenciar em nada a recuperação da sensibilidade do lábio e queixo, são coisas diferentes.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  200. bom dia!

    Ja passei pelo procedimento da cirurgia faz 1 ano, os resultados foram exelentes, no entanto tenho notado uma assimetria com relação do osso da madibula com o rosto, e bem suave acredito, no entanto e como se a pele estivesse um pouco difente da formação do osso, minha pergunta é, isso é normal? sendo que eu fiz tratamento ortodontico antes da cirurgia... desde já agradeço aos esclarecimento.

    ResponderExcluir